Quem São os 144.000 no Livro de Apocalipse?

Quem São os 144.000 no Livro de Apocalipse?
No livro do Apocalipse no capítulo 7 e no capitulo 14, 144.000 são mencionados. Quem são estes 144.000? Apenas 144.000 serão salvos? O que representa este número?

Os 144.000 Selados de Israel

O livro do Apocalipse faz duas menções deste 144.000 e a primeira menção está Apocalipse 7 e, especificamente, refere-se a Israel como mencionado 12.000 de cada tribo. A única tribo que estava faltando era da tribo de Dã e isso pode ser por causa da queda de Dã na idolatria e sendo cortado da nação de Israel. Parece que a tribo de José substituiu a tribo de Dã. Os 144.000 das tribos de Israel foram marcados por Deus como disse o anjo "dizendo: Não danifiques a terra, nem o mar, nem as árvores, até que selemos na sua fronte os servos do nosso Deus. E ouvi o número dos que foram assinalados com o selo, cento e quarenta e quatro mil de todas as tribos dos filhos de Israel" (Apocalipse 7:3-4), de modo aparentemente Deus preservou um remanescente de Israel para sobreviver como 12.000 são assinalados de cada tribo nos versículos 5-8.

O Significado do Número Doze

O número doze pode ser encontrado em 187 lugares na palavra de Deus e somente no Livro de Apocalipse existem 22 ocorrências do número, de modo que este número é, certamente de importância para Deus. O número doze é considerado um número perfeito, pois ele simboliza o poder e a autoridade de Deus, bem como serve como uma fundação governamental perfeita como lemos que os doze discípulos serão pilares na Nova Jerusalém (Apocalipse 21:14) e serão juízes no reino, mas também pode simbolizar a integridade ou a nação de Israel como um todo, ou as doze tribos de Israel. Inclusive no templo tinha que haver doze pães asmos que deveriam ser colocados lá todas as semanas. Na Nova Jerusalém, há 12 portas e a cidade tem 12.000 estádios e se você multiplicar por 12.000 você acaba com 144.000. Alguns especulam que uma vez que doze é o número perfeito de autoridade, poder de Deus, e fundação governamental, os doze mil de cada tribo são as doze tribos vezes 12.000, que equivale a 144.000 daqueles selados por Deus no Apocalipse da nação ou tribos de Israel e o fato de que eles foram selados indica a salvação e o ser poupado da ira de Deus (Efésios 1, Apocalipse 4).

Mais de 12.000 Salvos

Há um grupo que acredita que somente 144.000 serão salvos e eles se identificam (naturalmente) como pertencendo a estes 144.000, mas estes não são certamente os únicos que serão salvos como Apocalipse 7:9-10 mostra que João viu "uma grande multidão, que ninguém podia contar, de todas as nações, tribos, povos e línguas, que estavam em pé diante do trono e em presença do Cordeiro, trajando compridas vestes brancas, e com palmas nas mãos; e clamavam com grande voz: Salvação ao nosso Deus, que está assentado sobre o trono, e ao Cordeiro" João provavelmente chama de "grande multidão" porque era um número incontável de pessoas que ele viu. Isso, obviamente mostra que mais de 144 mil vão estar no reino, porque estes não são israelitas, mas, são pessoas de todas as nações, tribos e línguas e eles estavam vestidos de branco, indicando a purificação pela qual os crentes passam quando creem em Jesus quando eles se tornam a própria justiça de Cristo (2 Coríntios 5:21). Essa multidão de vestes brancas é identificada como aqueles que "lavaram as suas vestes e as branquearam no sangue do Cordeiro" (Apocalipse 7:14c).

Os Outros 144.000

No livro de Apocalipse capítulo 14, há um outro grupo aparentemente separado de Israel mencionado onde João escreve "E olhei, e eis o Cordeiro em pé sobre o Monte Sião, e com ele cento e quarenta e quatro mil, que traziam na fronte escrito o nome dele e o nome de seu Pai. E ouvi uma voz do céu, como a voz de muitas águas, e como a voz de um grande trovão e a voz que ouvi era como de harpistas, que tocavam as suas harpas" (Apocalipse 14:1-2). Mais uma vez podemos perguntar que são esses 144.000 mencionados aqui. É este grupo os únicos 144.000 que serão salvos? Não parece, como veremos mais tarde. João registra que eles "cantavam um cântico novo diante do trono, e diante dos quatro seres viventes e dos anciãos; e ninguém podia aprender aquele cântico, senão os cento e quarenta e quatro mil, aqueles que foram comprados da terra. Estes são os que não se contaminaram com mulheres; porque são virgens. Estes são os que seguem o Cordeiro para onde quer que vá. Estes foram comprados dentre os homens para serem as primícias para Deus e para o Cordeiro. E na sua boca não se achou engano; porque são irrepreensíveis" (Apocalipse 14:3-5). Jesus disse muitas vezes para aqueles que Ele chamou; "siga-me" (Mateus 4:19) e estas pessoas "seguem o Cordeiro por onde quer que vá" e aqueles que o segue "foram comprados dentre os homens" e são as "primícias" de Deus e o Cordeiro (Jesus Cristo) de modo que estes são, obviamente, todos os que se arrependeram e confiaram em Cristo e o seguiram.

Uma Multidão de Santos

A falsa ideia de que somente 144.000 serão salvos de Israel e do povo não-israelitas contradiz a Escritura em muitos lugares, incluindo Apocalipse 7:9, onde João vê "uma grande multidão, que ninguém podia contar, de todas as nações, tribos, povos e línguas, que estavam em pé diante do trono e em presença do Cordeiro, trajando compridas vestes brancas, e com palmas nas mãos". Uma "grande multidão" é um número que não pode ser contado, ao contrário de 144.000 que pode ser contado. João registra outro exemplo de uma grande multidão em Apocalipse 19:1 "Depois destas coisas, ouvi no céu como que uma grande voz de uma imensa multidão, que dizia: Aleluia! A salvação e a glória e o poder pertencem ao nosso Deus" assim que estes poderiam ser aqueles que já passaram a estar com o Senhor.

Conclusão
É claro que haverá mais de 144.000 da nação de Israel, que estará no reino, e mais de 144.000 que vão adorar a Deus para sempre que não são israelitas, porque a Bíblia indica uma grande multidão adorando a Cristo depois de Seu retorno (Apocalipse 7:9). Hoje, Deus ainda está buscando pessoas para adorá-Lo. Jesus disse que "a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem" (João 4:23) e será muito mais do que 144.000. Será uma "uma grande multidão, que ninguém podia contar, de todas as nações, tribos, povos e línguas".

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:
1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

Tecnologia do Blogger.