Pode a Teoria do Big Bang Ser Bíblica?

Pode a Teoria do Big Bang Ser Bíblica?
É bíblica a teoria do "Big Bang"? Pode o Big Bang se encaixar na história da criação? A teoria do Big Bang e a criação são compatíveis?

O Big Bang

A Bíblia não é um livro de ciência sobre os céus; é um livro sobre como entrar no céu. Uma coisa que sabemos com certeza é que Deus criou o universo e a humanidade com o propósito de glorificar a Ele como a Escritura diz: "Os céus proclamam a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das suas mãos" (Salmo 19:1). Nós sabemos que o universo está se expandindo e se você retroceder tudo, teria um ponto de partida finito. Dizer, como alguns dizem, que o universo é eterno parece ser contraditório com a lei da causalidade que afirma que todo efeito material deve ter um antecedente adequado ou causa simultânea. Existe alguma coisa no universo que existe que não foi causado? Olhando de perto o Livro de Gênesis encontramos a causa. Gênesis 1:1 diz: "No princípio, Deus criou os céus e a terra". Há cinco categorias em nosso universo que fundamentaram a criação: Cientistas e físicos concordam que tudo o que há se encaixa em uma dessas cinco categorias e as categorias são tempo, força, ação, matéria e espaço e todos eles se encaixam na descrição do relato da criação em Gênesis 1:1.

As Cinco Categorias do Universo

Gênesis 1:1 diz: "No princípio, Deus criou os céus e a terra" e aqui encontramos as cinco categorias dadas: No princípio (que é o tempo), Deus (que é a força), criou (que é ação), os céus (que é o espaço), e a terra (que é a matéria). Isso revela a lei da causalidade. A última cifra que temos para a idade do universo e parece estar em constante mudança é de 13,8 bilhões de anos de idade. O falecido Carl Sagan disse uma vez que há bilhões de anos o universo explodiu e existiu, mas algo está muito errado sobre esta declaração. Se ele "explodiu e existiu", então de onde é que a matéria vem? Se ele não estava em um estado de "existência" e, de repente, ele "explodiu e existiu" não teria tinha que existir antes de explodir e existir? Como pode não existir e, em seguida, existir? Se ele explodiu e existiu, então não teria de existir antes disso? Se o universo é eterno, então o que foi a primeira causa? Tudo não requer uma causa?

O Motor Imóvel

O filósofo grego Aristóteles viu a necessidade de existência como vindo de algo ou alguém. Ele tentou explicar a existência e a causa do universo de uma maneira lógica. Ele chamou a causa do "motor imóvel" ou a "força motriz". Esta foi à sua maneira de provar que o universo teve uma causa única que é explicada através de um exame da noção do movimento. Aristóteles escreveu sobre a importância de que algo só pode ser outra coisa a menos que houvesse algo que veio antes. Em outras palavras, Aristóteles concluiu logicamente que deve haver um primeiro motor imóvel, a fim de explicar todos os outros movimentos. No livro "Book Number Eight of Physics", ele escreveu que "o movimento não pode começar sem a existência prévia de algo para transmitir movimento em outra coisa, de modo que sempre haverá algo em movimento, uma vez que algo em repouso não pode causar o movimento em outra coisa". Se o movimento não fosse eterno, "então o tempo não teria existido sempre, uma vez que o tempo é a medida do movimento". Aristóteles viu o enigma que "ninguém estaria disposto a dizer que o tempo nem sempre existiu" (8.1). Aristóteles viu a impossibilidade de o movimento ser auto causado.

Idade do Universo

A descrição da criação em Gênesis não dá um período de tempo específico, nos primeiros versos. Ele só diz que Deus criou. Há algo de interessante em Gênesis 1:2 porque ele diz que a "terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo". A palavra hebraica para "forma" como "sem forma" é "תהו tohu" e "significa sem forma, confusão", ou "vazio" e nós sabemos que Deus não é o autor da confusão (1 Coríntios 14:33). Parece que não havia nada ou espaço vazio após a terra ter sido criada. No vernáculo judaico, a palavra hebraica "תהו tohu" também pode significar lugar ermo ou deserto. Além disso, a palavra usada para vazio é "בהו bohu", que está perto da palavra hebraica "תהו tohu", que significa "vazio, vácuo" e "resíduos", portanto poderíamos realmente ler Gênesis 1:2a, dizendo: "E a terra não tinha forma ou estava sem forma e era um deserto". Não era até que o Espírito de Deus, que é o nome da Terceira Pessoa da Santíssima Trindade, o Espírito Santo, se movia sobre a face das águas, o que podemos presumir, sentou-se em uma terra sem forma, vazia. Ou seja, o mundo não era na forma que é agora, era uma grande massa de fluidos misturados com terra e água e havia escuridão sobre o abismo.

Tempo + Acaso = Tudo?

O fato de que toda a matéria teve um começo forçar-nos a concluir que tudo teve uma causa e essa causa foi Deus e não foi obra do acaso ou probabilidade cega, pois sabemos que deve haver uma causa para cada efeito. Acreditar que, tempo mais acaso é igual a tudo é tão ridículo quanto isso ganha desde acaso é nada ou é um não ser. Tivemos uma chance de 40% de chuva um dia desses, mas, acreditar que a probabilidade matemática causou o vento aumentar ao ponto de fazer o orvalho subir e formar nuvens é simplesmente ridículo. O acaso não é o suficiente para fazer algo acontecer. O acaso nada é; nenhuma coisa! Nem sequer é um substantivo.

Conclusão

Não houve testemunhas oculares, mas Deus no momento da criação. A coisa mais importante para você acreditar é que Deus deseja salvá-lo (2 Pedro 3:9). Ezequiel escreve: "Tenho eu algum prazer na morte do ímpio? Diz o Senhor Deus. Não desejo antes que se converta dos seus caminhos, e viva? Mas, desviando-se o justo da sua justiça, e cometendo a iniquidade, fazendo conforme todas as abominações que faz o ímpio, porventura viverá? De todas as suas justiças que tiver feito não se fará memória; pois pela traição que praticou, e pelo pecado que cometeu ele morrerá" (Ezequiel 18:23-24), “Mas se o ímpio se converter de todos os seus pecados que cometeu, e guardar todos os meus estatutos, e preceder com retidão e justiça, certamente viverá; não morrerá. De todas as suas transgressões que cometeu não haverá lembrança contra ele; pela sua justiça que praticou viverá" (Ezequiel 18:21-22).

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:
1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

Tecnologia do Blogger.