A Importância Da Fé

A Importância Da Fé
Introdução: Muitas pessoas no mundo - especialmente no mundo religioso - gostam de falar sobre a fé. Mas o que é fé? As Escrituras nos ajuda a responder a essa pergunta.
  • A fé é a crença em Deus que contém um "firme fundamento das coisas que se esperam" e uma "convicção de fatos que se não veem" (Hebreus 1:1).
  • A fé é a confiança em Deus como a "recompensa aqueles que o buscam" (Hebreus 11:6).
  • A fé é a determinação de obedecer ao Senhor (Romanos 1:5; 16:26).
  • A fé não nos é dada miraculosamente; em vez disso, "vem do ouvir, e o ouvir pela palavra de Cristo" (Romanos 10:17).
Essas passagens explicam o que é fé, o que a fé faz, e qual é a fonte da fé. Mas por que tudo isso importa? Qual é o ponto de crer, confiar, e obedecer a Deus?

Há várias razões apresentadas na Escritura a respeito de porque a fé é importante. Nesta série de lições, vamos considerar algumas das razões por que a fé é importante para que possamos ser motivados a "viver pela fé" (Romanos 1:17).

A Importância da Fé: Agradar a Deus

"Ora, sem fé é impossível agradar a Deus; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam" (Hebreus 11:6).

A fé não só nos permite agradar a Deus, como é impossível agradar a Deus sem ela. "...os antigos alcançaram bom testemunho" de Deus pela fé (Hebreus 11:2). Vários destes heróis da fé foram citados pelo escritor hebreu neste capítulo como exemplos para os cristãos.

Lembre-se que nós observamos na introdução - o que é fé e o que a fé faz. Fé envolve acreditar em Deus, confiar em Deus e obedecer a Deus. Estes são todos necessários, a fim de agradar a Deus.
  • Devemos crer em Deus, a fim de agradar a Deus. Referindo-se aos gentios, Paulo escreveu: "porquanto, tendo conhecido a Deus, contudo não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes nas suas especulações se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu" (Romanos 1:21). Embora eles tinham ampla evidência para acreditar na existência de Deus (Romanos 1:20; Salmo 19:1; Atos 14:17), eles rejeitaram esta evidência. Neste estado de recusar-se a acreditar na existência de Deus, eles nunca lhe honram com Deus.
  • Devemos confiar em Deus, a fim de agradar a Deus. O homem sábio disse: "Confia no Senhor de todo o teu coração, e não te estribes no teu próprio entendimento" (Provérbios 3:5). A medida que ele continuou, explicou uma das maneiras de se fazer isso: "Honra ao Senhor com os teus bens, e com as primícias de toda a tua renda" (Provérbios 3:9). Honrar a Deus com as primícias de toda a sua renda, demonstra que é uma prioridade honrar a Ele. Não só isso, mas é também uma indicação de que se confia em Deus - o doador de todas as coisas boas (Tiago 1:17) - então Ele iria continuar provendo mesmo após as primícias serem recebidas. Paulo disse que não devemos “colocar a nossa esperança na incerteza das riquezas, mas em Deus, que nos concede abundantemente" (1 Timóteo 6:17).
  • Devemos obedecer a Deus, a fim de agradar a Deus. Paulo disse aos irmãos em Colossos: "Andai de modo digno do Senhor, para agradá-Lo em todos os aspectos" (Colossenses 1:10). O andar se refere ao modo de vida. Para agradar a Deus, eles precisavam viver uma vida de obediência. Devemos "andar na luz, como ele está na luz", a fim de ser purificados de nossos pecados. (1 João 1:7). Lembre-se do exemplo dos israelitas e como eles regularmente desobedeciam a Deus (1 Coríntios 10:5-11). A desobediência deles estava diretamente ligada à falta de fé. Ao citar este exemplo, o escritor hebreu usa a desobediência e a incredulidade como sinônimos: "E a quem jurou que não entrariam no seu descanso, senão aos que foram desobedientes? E vemos que não puderam entrar por causa da incredulidade" (Hebreus 3:18-19).
Nosso propósito na vida é agradar a Deus. Quando João teve uma visão do céu, viu criaturas e anciãos ao redor do trono, louvando a Deus porque Ele "criou todas as coisas, e por [sua] vontade são e foram criadas" (Apocalipse 4:11). Todas as coisas foram criadas porque era a vontade de Deus que elas fossem criadas. Elas existem, a fim de agradar a Deus.

Muitas vezes salientamos que o nosso propósito na vida é "temer a Deus e guardar os seus mandamentos" (Eclesiastes 12:13). Ambos - agradar a Deus e obediência reverente - estão diretamente ligados à nossa fé. Se não temos fé em Deus, não há motivação para se esforçar para agradar a Deus. Além disso, se não temos fé em Deus, nós não teremos nenhuma razão para temê-lo ou obedecê-Lo. A fim de cumprir o nosso propósito na vida - devemos viver de tal forma que seja agradável a Deus - temos que ter fé, pois "sem fé é impossível agradar a Deus" (Hebreus 11:6).

Continua...

Tem dificuldade para entender a Biblia? Olha a novidade que tenho para você!

Um excelente método sobre como ler a Bíblia e entendê-la mais facilmente! Descubra como ser um grande leitor da Bíblia Sagrada sem ser um teólogo profissional

Se você deseja ler e enteder a Biblia, ainda hoje, terá à disposição um excelente material! Clique Aqui para adquirir seu ebook.

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:
1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

Tecnologia do Blogger.