A importância da fé (Parte 3)

A importância da fé (Parte 3)
Filhos de Deus

"Pois todos sois filhos de Deus pela fé em Cristo Jesus" (Gálatas 3:26)

É uma grande bênção para ser “Filhos de Deus”. João escreveu: "Vede que grande amor nos tem concedido o Pai: que fôssemos chamados filhos de Deus" (1 João 3:1). Através de seu grande amor, Ele enviou Jesus para morrer na cruz, para que pudéssemos "recebermos a adoção de filhos" (Gálatas 4:5).

Paulo continuou discutindo nossa adoção, afirmando dois benefícios que temos como filhos de Deus. "E, porque sois filhos, Deus enviou aos nossos corações o Espírito de seu Filho, que clama: Aba, Pai. Portanto já não és mais servo, mas filho; e se és filho, és também herdeiro por Deus" (Gálatas 4:6-7). Em primeiro lugar, ser filhos de Deus é importante porque significa que temos acesso ao Pai (Gálatas 4:6). Nós somos capazes de "aproximar com confiança ao trono da graça" (Hebreus 4:16) e temos a certeza de que quando oramos a Deus "Ele nos ouve" (1 João 5:15). Em segundo lugar, ser filhos de Deus é importante porque significa que nós temos uma herança (Gálatas 4:7). Essa herança é "incorruptível, incontaminável e imarcescível, reservada nos céus para, [nós]" (1 Pedro 1:4).

Paulo disse aos Gálatas que somos "filhos de Deus mediante a fé" (Gálatas 3:26). Como já vimos em nosso estudo, não podemos agradar a Deus sem fé (Hebreus 11:6). Crer em Cristo nos dá "o direito de se tornarem filhos de Deus" (João 1:12). A palavra certa significa poder ou autoridade. Nós não temos autoridade para ser filhos de Deus sem fé. Nós só podemos nos tornar filhos de Deus através da fé.

Como nos tornamos "filhos de Deus"? Obviamente, é "pela fé em Cristo Jesus" (Gálatas 3:26). Mas do ponto de vista prático, o que significa isto? Ao considerarmos a ilustração usada nas Escrituras sobre como se tornar filhos, devemos pensar nisto em termos de nascer de novo. Jesus disse a Nicodemos: "Em verdade, em verdade vos digo que, se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus" (João 3: 3). Quando Nicodemos, pensou em termos naturais, questionou Jesus sobre como isso poderia ser feito, Jesus explicou: "Em verdade, em verdade vos digo que, se alguém não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus" (João 3:5).

Quando Jesus falou sobre "nascer da água", Ele estava se referindo ao batismo com água. É por isso que Paulo, imediatamente depois de afirmar que somos "filhos de Deus pela fé em Cristo Jesus" (Gálatas 3:26), escreveu: "Porque todos quantos fostes batizados em Cristo vos revestistes de Cristo" (Gálatas 3:27). "Nascemos de novo" quando somos "batizados em Cristo". A fé nos torna um candidato adequado para isso.

A oportunidade de se tornar filhos de Deus não se limita a um determinado grupo de pessoas. Pelo contrário, é aberta a todos. No versículo seguinte, Paulo escreveu: "Não há judeu nem grego; não há escravo nem livre; não há homem nem mulher; porque todos vós sois um em Cristo Jesus" (Gálatas 3:28). Quando Jesus deu aos Seus apóstolos a Grande Comissão, Ele disse: "Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado" (Marcos 16:15-16). Todos, independentemente da sua origem, podem ouvir o evangelho, desenvolver a fé e responder em obediência – o que inclui ser batizados em Cristo.

Como o evangelho e, portanto, a salvação está aberta a todos, é claro que ser um filho de Deus não vem como resultado do seu nascimento físico. Em vez disso, a pessoa se torna um filho de Deus através de seu renascimento espiritual - nascer de novo nas águas do batismo, um ato ao qual nos submetemos pela fé.

Tem dificuldade para entender a Biblia? Olha a novidade que tenho para você!

Um excelente método sobre como ler a Bíblia e entendê-la mais facilmente! Descubra como ser um grande leitor da Bíblia Sagrada sem ser um teólogo profissional

Se você deseja ler e enteder a Biblia, ainda hoje, terá à disposição um excelente material! Clique Aqui para conhecer a Escola da Bíblia Shubert.

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:
1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

Tecnologia do Blogger.