"Que proveito há, meus irmãos se alguém disser que tem fé e não tiver obras? Porventura essa fé pode salvá-lo? .... Vedes então que é pelas obras que o homem é justificado, e não somente pela fé" (Tiago 2:14, 24).
A fé verdadeira produz boas obras.
Muitos falsos mestres afirmam que você pode ganhar sua própria salvação praticando boas obras. A maioria dos cristãos compreende a heresia desse ensinamento, mas alguns ficam confusos quando leem que "é pelas obras que o homem é justificado, e não somente pela fé" (Tiago 2:24). Isso parece entrar em conflito com os ensinamentos de Paulo sobre a salvação pela graça através da fé.

Tendo uma fé que funciona
Mas quando entendido corretamente, o ensino de Tiago sobre a salvação é perfeitamente coerente com o de Paulo. Paulo claramente ensinou a salvação pela graça. Em Efésios 2:8-9, ele diz: "Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie". Mas Paulo também ensinou que a verdadeira salvação resulta em boas obras, pois no versículo seguinte ele diz: "Porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus para boas obras, as quais Deus antes preparou para que andássemos nelas".

Em Tito 3:5 ele diz que Deus "não em virtude de obras de justiça que nós houvéssemos feito, mas segundo a sua misericórdia, nos salvou mediante o lavar da regeneração e renovação pelo Espírito Santo"; mas Tito 2:11-12 esclarece que a graça de Deus nos leva a "renunciar à impiedade e às paixões mundanas, vivamos no presente mundo sóbria, e justa, e piamente". Esse é o equilíbrio adequado entre a fé e as obras.

Tiago também ensinou a salvação pela graça. Ele disse que Deus redime os pecadores pela Palavra da verdade e implanta a Sua Palavra dentro deles para capacitá-los a progredir na santidade (Tiago 1:18, 21). Esse é um trabalho divino, não um esforço humano.

Tiago 2: 14-24 segue isso ao nos dizer como podemos saber que a obra aconteceu: haverá mais do que apenas uma proclamação de fé, mas uma fé que faz boas obras.

Não se confunda com a forma como a fé se relaciona com boas obras. Junte as duas por ser um testemunho vivo da graça salvadora de Deus.

Graças a Deus pela justiça que ele está produzindo em sua vida. Procure maneiras específicas de demonstrar sua fé para aqueles que estão à sua volta hoje.

Para estudo adicional

Leia João 8:31-32.

Qual é a marca de um verdadeiro discípulo?

Que efeito tem a Palavra de Deus sobre aqueles que atentam ao que ela diz?

Postar Comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

Postagem Anterior Próxima Postagem