A Aplicação da Sabedoria: Caráter (Parte 1)

A Aplicação da Sabedoria: Caráter (Parte 1)
À medida que se aprende a aceitar a sabedoria que vem de cima, o resultado será uma mudança de caráter. À medida que consideramos alguns dos traços de caráter que se adquire com a busca da sabedoria, comecemos primeiro por contrastá-los com os traços de caráter negativos de quem rejeita a sabedoria divina. Abaixo está uma lista que o sábio dá de sete abominações.
"Há seis coisas que o Senhor detesta; sim, há sete que ele abomina: olhos altivos, língua mentirosa, e mãos que derramam sangue inocente; coração que maquina projetos iníquos, pés que se apressam a correr para o mal; testemunha falsa que profere mentiras, e o que semeia contendas entre irmãos" (6:16-19).
Olhos altivos são uma abominação para o Senhor. Portanto, o sábio será humilde. O sábio é claro em conectar o orgulho com o pecado. "Olhar altivo e coração orgulhoso, tal lâmpada dos ímpios é pecado" (21:4, ver 21:24). O orgulho faz com que alguém procure elevar-se, enquanto as Escrituras ensinam que devemos ser humildes o bastante para que qualquer louvor que recebemos não seja de nós mesmos, mas de outros. "Seja outro o que te louve, e não a tua boca; o estranho, e não os teus lábios" (27:2). O orgulho também cega o homem para seus próprios pecados. "Quem pode dizer: Purifiquei o meu coração, limpo estou de meu pecado?" (20:9). Todos os homens pecaram (Romanos 3:23) e precisam de arrependimento. Aqueles que negam isso, em sua arrogância, enganam a si mesmos (1 João 1:8). Portanto, devemos ser humildes se quisermos seguir os caminhos da sabedoria.

Língua mentirosa é uma abominação ao Senhor. Portanto, o homem sábio será honesto. Salomão diz em outro lugar: "Os lábios mentirosos são abomináveis ao Senhor; mas os que praticam a verdade são o seu deleite" (12:22). Como a mentira é uma abominação ao Senhor, o "justo também [odeia] a mentira"(13:5). Quem segue a sabedoria de Deus não será como muitas pessoas no mundo que são verdadeiros quando é conveniente, mas estão mais do que dispostos a comprometer sua integridade para se enriquecerem. O sábio diz: "É melhor ser pobre que mentiroso" (19:22).

Mãos que derramam sangue inocente são uma abominação ao Senhor. Portanto, o sábio será misericordioso. Salomão diz: "A discrição do homem fá-lo tardio em irar-se; e sua glória está em esquecer ofensas" (19:11). Este versículo não se refere a uma tolerância ou negligencia do pecado, mas sim que o homem sábio deseja o arrependimento de um pecador e está disposto a perdoar. Mesmo quando se trata de inimigos, embora "Os homens sanguinários odeiam o íntegro; mas os retos procuram o seu bem"(29:10). O traço da misericórdia deve tornar-se tão arraigado no seu caráter que ele não será apenas misericordioso para com o próximo, mas também terá "respeito pela vida de seu animal" (12:10).

Um coração que planeja planos ímpios é uma abominação ao Senhor. Portanto, o sábio manterá seus pensamentos puros. O caráter de um homem está enraizado em seu coração. "Como na água o rosto corresponde ao rosto, assim o coração do homem ao homem" (27:19). Do coração "fluem as fontes da vida"(4:23). Portanto, o sábio guardará o seu coração da iniquidade. Salomão diz: "O desejo dos justos é somente o bem; porém a expectativa dos ímpios é a ira" (11:23).

Pés que correm rapidamente para o mal; são uma abominação ao Senhor. Portanto, o sábio procurará fazer o bem. Há dois problemas com o homem mal aqui - sua direção (para o mal) e sua negligência (ele corre rapidamente). No que diz respeito à direção, Salomão diz: "O caminho do homem perverso é tortuoso; mas o proceder do puro é reto" (21:8). Em outro lugar ele diz: "o homem de entendimento anda retamente" (15:21), e, "A estrada dos retos desvia-se do mal; o que guarda o seu caminho preserva a sua vida" (16:17). O sábio mais tarde diz: "Melhor é o pobre que anda na sua integridade, do que o rico perverso nos seus caminhos" (28:6, ver 19:1). Mas além de ir na direção errada, o homem perverso também é descuidado. Em contraste, o homem sábio deve ter cuidado e considerar como ele anda. "O sábio teme e desvia-se do mal, mas o tolo é arrogante e dá-se por seguro. Quem facilmente se ira fará doidices; mas o homem discreto é paciente" (14.16-17). O que está no controle de suas emoções, entretanto, agirá com sabedoria.

Um testemunho falso é uma abominação ao Senhor. Portanto, o sábio será justo e reto. Anteriormente observamos a abominação de uma língua mentirosa. Um falso testemunho é diferente, embora ambos envolvam desonestidade. O falso testemunho não apenas expressa falsidade, mas oferece falsos testemunhos contra outro, negando assim a essa pessoa a justiça. Salomão diz: "Os pensamentos do justo são retos; mas os conselhos do ímpio são falsos" (12:5). Devemos prestar atenção à advertência: "A testemunha falsa não ficará impune; e o que profere mentiras não escapará" (19:5). Uma vez que seremos responsáveis, a sabedoria exige que sejamos justos e retos no tratamento para com os outros.

Aquele que semeia contendas é abominação ao Senhor. Portanto, o sábio buscará a paz. Há algumas advertências no livro de Provérbios que descrevem a destrutividade das contendas. "Pesada é a pedra, e a areia também; mas a ira do insensato é mais pesada do que elas ambas. Cruel é o furor, e impetuosa é a ira; mas quem pode resistir à inveja?" (27:3-4). "O homem iracundo levanta contendas, e o furioso multiplica as transgressões" (29:22). "Os escarnecedores abrasam a cidade; mas os sábios desviam a ira”.(29:8). A contenda que é causada por um homem irritado é como uma rocha esmagadora e um fogo que queima uma cidade. Mas o último verso acima descreve os esforços de pacificação do homem sábio - "os sábios desviam a ira". Embora a paz nem sempre seja possível, Paulo disse mais tarde: "Se for possível, quanto depender de vós, tende paz com todos os homens". Romanos 12:18). Quem persegue a sabedoria divina buscará a paz sempre que for possível.

Próximo: A Aplicação da Sabedoria: Caráter (Parte 2)
A Aplicação da Sabedoria: Caráter (Parte 1) A Aplicação da Sabedoria: Caráter (Parte 1) Reviewed by Aldenir Araujo on 3/03/2018 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

Tecnologia do Blogger.