O que significa a palavra hebraica ruach?
O significado da palavra hebraica ruach é "folego", “sopro” ou "vento", ou "espírito". Na Escritura, a palavra é aplicada tanto aos seres humanos como a Deus.

Dependendo do contexto, ruach pode estar falando sobre o estado emocional do ser de uma pessoa, ou sua alma ou espírito, e às vezes é usado como um idioma, como em "um mero sopro". Quando associado a um dos nomes de Deus, ruach refere-se ao Espírito Santo. Por exemplo, Ruach Elohim é mencionado nos primeiros versos do Gênesis para descrever o Espírito de Deus pairando sobre as águas (Gênesis 1:2).

No Antigo Testamento, a frase traduzida é sempre "Espírito do Senhor" ou "Espírito de Deus". No Novo Testamento, a palavra grega pneuma é aplicada e traduzida "Espírito Santo".

O Ruach de Deus é o Criador de todos os outros ruach não-divinos. "Deus ... dá alento [ruach] a todos os seres viventes" (Números 27:16). Quando Deus criou Adão, Ele soprou nas narinas de Adão e "o homem tornou-se alma vivente" (Gênesis 2:7). Jó menciona o mesmo sopro de vida que o mantém vivo, dizendo: "enquanto em mim houver alento, e o sopro [ruach] de Deus estiver nas minhas narinas" (Jó 27:3). Seu amigo Eliú afirmou o mesmo: "O Espírito de Deus me fez, e o sopro do Todo-Poderoso me dá vida" (Jó 33:4).

Foi o mesmo Espírito que pousou sobre Jesus Cristo na forma de uma pomba, fortalecendo e ungindo Ele como o Messias (Mateus 3:16). Este acontecimento foi profetizado por Isaías, que disse: "E repousará sobre ele o Espírito do Senhor, o espírito de sabedoria e de entendimento, o espírito de conselho e de fortaleza, o espírito de conhecimento e de temor do Senhor" (Isaías 11: 2). Em ambas as passagens, a palavra para "Espírito" e "sopro" é a palavra hebraica ruach.

O Ruach de Deus é frequentemente associado com Seu poder criativo. Um exemplo muito bom disso vem de uma conversa que Jesus teve com um fariseu chamado Nicodemos, que veio a Jesus secretamente durante a noite para fazer-lhe perguntas. Jesus disse a Nicodemos que uma pessoa só pode entrar no reino de Deus se ele tiver "nascido do Espírito" porque "o que é nascido do Espírito é espírito" (João 3:4-5). Então, Ele compara o Espírito Santo ao vento, dizendo: "O vento sopra onde quer, e ouves a sua voz; mas não sabes donde vem, nem para onde vai; assim é todo aquele que é nascido do Espírito" (João 3:8).

Tanto a palavra "vento" nesta passagem como a palavra "Espírito" são a mesma palavra: pneuma, o equivalente grego da palavra hebraica ruach.

O sopro de Deus, Seu poder criador, Seu Santo Ruach é responsável por tudo o que é criado: o universo, a terra e até mesmo o espírito do homem. Ainda mais surpreendente, o "novo homem"que é criado quando uma pessoa confia em Cristo para a salvação, é também uma criação do Espírito Santo (2 Coríntios 5:17, Efésios 4:24), porque é "nascido" de Deus Ruach.