Todo crente precisa sentir o Espírito Santo?
Embora a Bíblia seja certamente clara há momentos em que uma pessoa perceberá ou sentirá o Espírito Santo, isso nem sempre será o caso. O Espírito Santo permanece com o crente para sempre (João 14:16-17), mas nem sempre pode ser sentido emocionalmente.

Efésios 5:18 oferece uma visão importante sobre esta questão. Ele diz: "E não vos embriagueis com vinho, no qual há devassidão, mas enchei-vos do Espírito". Em contraste com a influência controladora do vinho, um cristão é chamado para ser controlado pelo Espírito de Deus.

Como pode uma pessoa ser controlada ou influenciada pelo Espírito Santo?

Primeiro, o crente recebe o Espírito no momento da salvação. 1 Coríntios 6:19-20 diz: "Ou não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que habita em vós, o qual possuís da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo"

Em segundo lugar, uma pessoa é controlada ou cheia do Espírito ao crescer no fruto do Espírito. Gálatas 5:22-23 "Mas o fruto do Espírito é: o amor, o gozo, a paz, a longanimidade, a benignidade, a bondade, a fidelidade, a mansidão, o domínio próprio; contra estas coisas não há lei".

Terceiro, uma pessoa é controlada pelo Espírito obedecendo ao Senhor. Gálatas 5:16 diz: "Digo, porém: Andai pelo Espírito, e não haveis de cumprir a cobiça da carne". Se andarmos, ou obedecermos ao Espírito, por meio da obediência ao Senhor, resistiremos ao pecado e venceremos a tentação.

O Espírito Santo é a terceira Pessoa de Deus Triúno que existe por toda a eternidade. Ele está sempre presente, mas nem sempre se sente emocionalmente. À medida que nos aproximarmos de Deus, provavelmente sentiremos a presença do Espírito de Deus com mais frequência e mais poder do que em tempos anteriores em nossas vidas. No entanto, também devemos ter cuidado para não basear nossas decisões em nossos sentimentos, uma vez que eles mudam regularmente e são influenciados por muitos fatores.

Deus chama Seu povo para viver uma vida de amor, devotada a Ele e Seus ensinos (2 Timóteo 3:16-17). Às vezes, experimentaremos alegria, às vezes vamos suportar o sofrimento. No entanto, o Espírito de Deus está sempre presente com o crente, mesmo nos momentos mais difíceis da vida e mesmo quando não sentimos Sua presença.