Como alguém entristece ou extingue o Espírito Santo (1 Tessalonicenses 5:19, Efésios 4:30)?

Como alguém entristece ou extingue o Espírito Santo (1 Tessalonicenses 5:19, Efésios 4:30)?
Em 1 Tessalonicenses 5:19, o apóstolo Paulo disse aos crentes: "não entristeçais o Espírito Santo de Deus".Efésios 4:30 acrescenta: "E não entristeçais o Espírito Santo de Deus". O que significa entristecer ou extinguir o Espírito Santo?

Em 1 Tessalonicenses 5:19, Paulo usa a mesma palavra usada em outro lugar relacionada com "extinguir" ou "apagar" um fogo (Marcos 9:44). A ideia era deter ou por fim a capacidade de um incêndio continuar. No contexto da carta de Paulo, ele estava incentivando os crentes a viver uma vida santa de acordo com o Espírito de Deus. Eles não deveriam parar de fazer as coisas a que tinham sido instruídos ou viver em pecado de forma a extinguir ou apagar o fogo do Espírito de Deus em ação entre eles.

Em Efésios 4:30, Paulo ordenou aos cristãos de Efésios que não "entristeçais o Espírito Santo de Deus". Entristecer significaria deixar o Espírito Santo magoado ou fazer algo oposto ao que o Espírito de Deus deseja. O contexto da passagem trata da questão da ira, compartilhando, "Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que seja boa para a necessária edificação, a fim de que ministre graça aos que a ouvem” (Efésios 4:29). Devemos edificar uns aos outros como crentes, não destruir uns aos outros. Destruir-nos um ao outro entristece o Espírito Santo, pois é inconsistente com os propósitos de Deus para nossas vidas.

Além de pecar como resultado da ira, Efésios 4 oferece outras maneiras pelas quais os crentes podem entristecer o Espírito Santo. Isso inclui viver como incrédulos (vv.17-19), mentir (versículo 25), roubar (v. 28), usar linguagem má (versículo 29), amargura (v.31), falta de perdão e imoralidade sexual (Efésios 5:3-5).

Em contraste, os crentes devem falar a verdade (Efésios 4:25), não pecar quando estiverem irados (v.26), trabalhar duro (v. 28), estimular (V. 29) e ser bondosos, amáveis e perdoar um ao outro (v. 32). O contraste de entristecer o Espírito inclui: "Sede pois imitadores de Deus, como filhos amados; e andai em amor, como Cristo também vos amou, e se entregou a si mesmo por nós, como oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave" (Efésios 5:1-2).

Há semelhanças entre extinguir e entristecer o Espírito. Ambos acontecem como resultado de um crente que peca. Ambos acontecem como resultado de um estilo de vida auto focado que coloca o eu acima de Deus e dos outros. Ambos incluem praticar os antigos modos como uma pessoa viveu antes de conhecer a Cristo.

O desejo de Deus é que o crente em Cristo viva de modo diferente de como ele vivia antes de chegar à fé em Cristo. Fazer isso traz alegria a Deus e não extinguirá nem entristecerá o Espírito de Deus que vive entre aqueles que creem.

Postar um comentário

0 Comentários