O Verdadeiro Tesouro
Texto: Mateus 6:19-24

Introdução: Muitas vezes com a melhor intenção desejamos uma situação melhor ou ansiamos por riquezas, que no final, podem desviar nossos corações.

Um desvio que nos faz dar mais valor a coisas que não são eternas e, como resultado, perdemos o objetivo que realmente vale a pena.

I. Jesus adverte seus discípulos a não se renderem às riquezas materiais, mas às riquezas espirituais. (6:19-21)

A. As riquezas terrenas são perecíveis (6:19)
B. As riquezas espirituais são eternas (6:20)
C. Onde o interesse é colocado, se entrega a vida (6:21).

II. Jesus afirma que, de acordo com a visão, assim será a personalidade (6:22-23).

A. Se alguém mantém os olhos no que é bom e puro (riquezas espirituais), haverá luz na pessoa (6:22)
B. Se você olhar para coisas materiais (sucessos, ganhos), há trevas (6:23)

III. Jesus adverte que não há posição intermediária em relação a Deus e às riquezas (6:24).

A. Porque ele odiará um e amará o outro.
B. Estimará um e desprezará o outro.

Conclusão

Jesus adverte para não dar prioridade à riqueza material, que no final se corrompe, mas para agradar a Deus, colocando sua visão no celestial.

Vamos entregar a nossa vida tentando obter o verdadeiro tesouro que Deus nos dá, que dura para sempre.

Postar Comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

Postagem Anterior Próxima Postagem