O que é presença manifesta do Espírito Santo? É diferente da onipresença de Deus?

O que é presença manifesta do Espírito Santo? É diferente da onipresença de Deus?
A palavra "manifesta" é definida como "claro ou óbvio para o olho ou mente".

A presença manifesta de Deus é o que os crentes veem e conhecem Dele. Isso é diferente da onipresença de Deus.

O significado da palavra onipresença é "em toda parte presente". É um atributo-chave de Deus. Deus está em todos os lugares ao mesmo tempo. Não há lugar onde o Espírito de Deus não esteja presente.

Como Davi disse,
"Para onde me irei do teu Espírito, ou para onde fugirei da tua presença? Se subir ao céu, tu aí estás; se fizer no Seol a minha cama, eis que tu ali estás também. Se tomar as asas da alva, se habitar nas extremidades do mar, ainda ali a tua mão me guiará e a tua destra me susterá" (Salmo 139:7-10).
A onipresença de Deus não é alterada pelo observador. Ele está lá, quer o conheçamos quer o vejamos, ou não. Os incrédulos podem negar Sua existência, mas isso não muda o fato de que Ele é onipresente. A presença manifesta de Deus, por outro lado, é algo que às vezes é experimentado e outras vezes não.

Há muitos exemplos da presença manifesta de Deus na Bíblia. Deus se manifestou a Moisés na sarça ardente (Êxodo 3). Deus, o Filho, nos foi manifestado na pessoa de Jesus Cristo (João 1:14). O Espírito Santo foi manifesto aos crentes no Pentecostes (Atos 2:2-4). A presença manifesta de Deus apareceu com Daniel e seus compatriotas quando foram lançados na fornalha de fogo porque não adoraram a imagem de Nabucodonosor (Daniel 3:24-25). Até os olhos do rei Nabucodonosor se abriram e ele viu a manifesta presença de Deus.

A manifesta presença de Deus não é necessariamente, ou mesmo geralmente, algo experimentado empiricamente. Isto é, não pode ser sentida pelos sentidos ou gravada por alguns meios físicos. Mas, no entanto, é experimentada. É sentida no conforto inexplicável que Deus dá em meio à tragédia. É experimentado na oração respondida. É experimentado em vidas transformadas.

O Espírito Santo está sempre com os crentes, habitando-nos (1 Coríntios 6:19). Ele nunca nos deixará (João 14:16). Ele é a garantia de nossa salvação e nossa herança no Céu (2 Coríntios 1:22, Efésios 1:14). Portanto, o fato de Sua presença em nossas vidas nunca muda, porém nossa consciência de Sua atividade em nossas vidas pode mudar.

A diferença entre a presença manifesta do Espírito Santo e a onipresença de Deus é que a onipresença de Deus está sempre presente, apesar de nem sempre podermos senti-la. Em outras palavras, a presença de Deus está em toda parte, em todos os momentos, e com todos nós, crentes e incrédulos iguais. Da mesma forma, Seu Espírito Santo habita em todos os momentos. Mas Sua presença manifesta é algo que ocorre em nossas vidas quando Ele escolhe revelar-se. É a aparência ocasional da mente ou olho humano da realidade de Sua onipresença e cuidado contínuo. "... porque disse: Nunca te deixarei, nem te desampararei" (Hebreus 13:5).

Postar um comentário

0 Comentários