Apagando os Dardos Inflamados de Satanás
"tomando, sobretudo, o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do Maligno" (Efésios 6:16).

Não eleve a vontade de Satanás acima da vontade de Deus em sua vida.

Em Efésios 6:13, Paulo caracteriza Satanás como "o maligno" que ataca os crentes com dardos inflamados. A palavra grega traduzida como "maligno" significa literalmente "mau", "vil" ou "miserável". Todas são descrições do arqui-inimigo das nossas almas, que procura mutilar e destruir espiritualmente.

O termo "dardos inflamados" retrata uma das armas romanas dos dias de Paulo: flechas que tinham material de algodão encharcado em suas pontas. Na batalha elas eram incendiadas e disparadas contra os inimigos. Quando a flecha atingia seu alvo, o campo de fogo se espalhava na roupa e em outras superfícies inflamáveis. Sob tais ataques, um soldado romano sem escudo estava em uma situação perigosa.

As flechas incendiárias de Satanás surgem em muitas formas: solicitações à impureza, egoísmo, dúvida, medo, desapontamento, avareza, vaidade, cobiça e afins. Mas seja qual for a forma específica, todas são sedutoras tentações destinadas a extrair respostas ímpias.

Sua fé protege você de tais ataques quando você eleva a vontade de Deus acima de Satanás em sua vida. Quando tentado por Satanás, Jesus respondeu dizendo com efeito: "Não violarei a vontade de meu Pai cedendo as suas artimanhas desonestas. Em seu próprio tempo Ele me alimentará, me ungirá como o Messias e me dará os reinos do mundo. Não elevarei a tua vontade e tempo acima da dele" (Mateus 4:1-11).

Jesus poderia ter criado alimento. Ele é o Messias e o soberano Senhor sobre os reinos do mundo. Mas Ele confiou no Pai e submeteu-se à Sua vontade, mesmo que isso significasse desconforto pessoal e, eventualmente, a cruz. Quando Satanás viu que a confiança de Jesus no Pai era inabalável, ele O abandonou (v. 11). Esse é o poder da fé.

“ao qual resisti firmes na fé, sabendo que os mesmos sofrimentos estão-se cumprindo entre os vossos irmãos no mundo" (1 Pedro 5:9).

Agradeça a Jesus por Seu caráter sem pecado e Seu exemplo de como triunfar sobre a tentação.

Memorize Tiago 4:7 como um lembrete da importância de resistir a Satanás.