Derrotando a Dúvida
"Tomai também o capacete da salvação..." (Efésios 6:17).

A chave para derrotar a dúvida é se concentrar no poder preservador de Deus.

A dúvida chega aos cristãos de várias maneiras. Depois que você peca, sua consciência pode cochichar, dizendo: "Certamente você não é um cristão. Por que Deus salvaria você de alguma maneira? Você não merece a Sua misericórdia. Você não é bom o suficiente. Que presunção pensar que Deus poderia usar você!" Essas dúvidas são comuns entre os cristãos que se concentram em seu desempenho e não no poder de Deus.

Muitas vezes somos rápidos em reconhecer o poder de Deus para nos salvar, mas demoramos para entender o Seu poder de nos manter. Para complicar, muitos cristãos acreditam que podem perder sua salvação, por isso vivem em constante medo de se afastar da fé. Outros ainda nunca aprenderam o que a Escritura ensina sobre sua segurança em Cristo. Eles estão tão empenhados em agradar a Deus através de seus próprios esforços que perdem de vista a graça e entram em uma mentalidade sutil de justiça das obras.

Seu desempenho não determina sua posição em Cristo; sua posição em Cristo determina seu desempenho. Boas obras são o resultado necessário da salvação (Efésios 2:10), mas elas não salvam você nem mantêm você salvo. Essa é a obra de Deus.

Judas disse: "Ora, àquele que é poderoso para vos guardar de tropeçar, e apresentar-vos ante a sua glória imaculados e jubilosos" (v. 24). "poderoso" nesse verso traduz uma palavra grega que fala de capacidade. "Manter" significa literalmente "proteger no meio de um ataque". "Tropeçar" refere-se a cair no pecado. Juntas, elas dizem que Deus é poderoso o suficiente para impedir que você tropece no pecado e se afaste Dele - não importa quão intenso seja o ataque de Satanás. Ele continuará a proteger e purificar você até o dia em que você entrar aperfeiçoado em Seu glorioso paraíso.

O pecado é um problema sério e você nunca deve encara-lo de maneira diferente. Mas quando você pecar, lembre-se de que, como crente, você é imediatamente purificado pelo sangue de Jesus Cristo (1 João 1:7). Então confesse sempre seus pecados e se afaste deles, mas nunca duvide do poder ou da disposição de Deus para mantê-lo salvo. Confie em Sua graça, não na sua capacidade de fazer.

Agradeça ao Senhor por continuamente purifica-lo de seu pecado.

Memorize Judas 24-25 e recite-o frequentemente como um lembrete do poder e da majestade de Deus.