Série: A Raiz do Problema - Falhamos em Ver o Pecado Pelo Que é
O mundo em que vivemos tem uma percepção distorcida do pecado. Em nossa sociedade, o pecado é ridicularizado, desconsiderado, ignorado e até mesmo glorificado. Mas a palavra de Deus apresenta uma perspectiva muito diferente. O pecado é comparado às trevas (João 3:19-20) e ao câncer (2 Timóteo 2:17). O pecado nos escraviza (Romanos 6:17,20). Nos é dito claramente que Deus odeia o pecado (Provérbios 6:16-19).

Se não apreciamos o que as Escrituras ensinam sobre o pecado, então não é provável que desejemos renunciar a ele. Um dos primeiros passos para vencer o pecado é perceber como o pecado é realmente ruim. Para começar, precisamos saber o que a Bíblia quer dizer quando fala sobre o pecado.
“Todo aquele que vive habitualmente no pecado também vive na rebeldia, pois o pecado é rebeldia” (1 João 3:4).

O pecado é uma transgressão da lei de Deus. Os mandamentos dados a nós por Deus não vêm de um tirano malicioso. Deus é cheio de misericórdia, graça e amor para conosco. Observe o que mais João diz sobre o Deus cuja lei nós violamos quando pecamos.

“Vede que grande amor nos tem concedido o Pai: que fôssemos chamados filhos de Deus...” (1 João 3:1).

“Amados, amemo-nos uns aos outros, porque o amor é de Deus; e todo o que ama é nascido de Deus e conhece a Deus. Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor. Nisto se manifestou o amor de Deus para conosco: em que Deus enviou seu Filho unigênito ao mundo, para que por meio dele vivamos. Nisto está o amor: não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou a nós, e enviou seu Filho como propiciação pelos nossos pecados” (1 João 4:7-10).

“E nós conhecemos, e cremos no amor que Deus nos tem. Deus é amor; e quem permanece em amor, permanece em Deus, e Deus nele” (1 João 4:16).

A lei de Deus é uma extensão do Seu amor por nós. Ele sabe o que é melhor para nós e Ele é a fonte de todo bem (Tiago 1:17). Porque Ele nos ama, Ele nos diz o que é pecado para que possamos evitá-lo.

As consequências do pecado

Deus quer que tiremos o pecado de nossas vidas. Mas por que? O que tem o pecado que o torna tão terrível?

Primeiro, o pecado nos separa de Deus. “mas as vossas iniquidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados esconderam o seu rosto de vós, de modo que não vos ouça” (Isaías 59:2). Quando o pecado foi introduzido pela primeira vez no mundo no Jardim, parte da punição era que Adão e Eva fossem expulsos do lugar onde anteriormente tinham comunhão direta com Deus (Gênesis 3:8, 24). Até hoje, o pecado continua a romper o relacionamento entre o homem e Deus.

Segundo, o pecado nos escraviza. Paulo adverte os irmãos em Roma: "Não reine, portanto, o pecado em vosso corpo mortal, para obedecerdes às suas concupiscências" (Romanos 6:12). Ele então pergunta: "Não sabeis que daquele a quem vos apresentais como servos para lhe obedecer, sois servos desse mesmo a quem obedeceis, seja do pecado para a morte, ou da obediência para a justiça?" (Romanos 6:16). Se continuarmos no pecado, nos enredamos nele, tornando mais difícil superar as tentações e remover o pecado de nossas vidas. Quanto mais pecamos, mais fácil é permanecer em pecado.

Terceiro, o pecado nos fará perecer eternamente. Paulo continuou dizendo aos romanos: “Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor” (Romanos 6:23). Se não nos tornarmos escravos da justiça (Romanos 6:18), não podemos esperar receber o dom gratuito da vida eterna que Deus nos oferece por meio de Sua graça. Em vez disso, obteremos o que merecemos pelo nosso pecado - castigo eterno.

Por que Deus nos diz para evitar o pecado? Não é porque Ele é um governante enlouquecido pelo poder que obtém satisfação por poder dizer às pessoas o que fazer. Ele nos diz para evitar o pecado porque Ele nos ama. Ele quer que tenhamos comunhão com Ele, mas o pecado proíbe essa comunhão. Ele quer que sejamos livres do pecado, mas o pecado nos escraviza. Ele quer que estejamos com Ele no céu por toda a eternidade, mas o pecado nos fará perder nossa alma. Porque Ele nos ama, Ele nos adverte sobre a natureza destrutiva do pecado.

Porque Jesus se submeteu ir à cruz?

Seu amor também foi demonstrado em Sua disposição de tomar as ações necessárias para remediar o problema do pecado. O que tinha que ser feito? Seu filho teve que morrer na cruz. Jesus disse a Nicodemos: “Assim como Moisés levantou a serpente no deserto, assim importa que o Filho do homem seja levantado” (João 3:14).

O sangue de Cristo que seria derramado em Sua morte era o elemento essencial no plano de Deus para expiar os pecados. O escritor hebreu observou que “sem derramamento de sangue não há remissão” (Hebreus 9:22). “O sangue de Cristo” é capaz de “purificar a sua consciência” (Hebreus 9:14). Pelo seu sangue fomos redimidos (1 Pedro 1:18-19).

A fim de garantir esta expiação, Jesus veio à Terra e viveu como homem. Ele sofreu angústia, rejeição, tortura e, finalmente, a morte. Isso tinha que ser feito para nossa redenção. Os horríveis eventos da crucificação, a dor e a agonia que Cristo sofreu, nos lembram o quanto o pecado é para Deus.

“E como Moisés levantou a serpente no deserto, assim importa que o Filho do homem seja levantado; para que todo aquele que nele crê tenha a vida eterna. Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (João 3:14-16).

As consequências e a punição pelo pecado são grandes demais para que Deus simplesmente nos permita sofrer esse destino sem qualquer esperança de escapar. Por mais horrível que tenha sido a morte de Jesus na cruz, enfrentamos algo muito pior do que a crucifixão - uma eterna separação de Deus em um lugar cheio de agonia e dor. Isto é o que nós merecemos por nosso pecado.

O pecado não deve ser negligenciado. Deus sabe quão terrível é o salário do pecado, então Ele estava disposto a ver seu Filho unigênito sofrer. Jesus entendeu claramente a gravidade do pecado, pois estava disposto a dar a vida por nós. Precisamos reconhecer o que é pecado e removê-lo de nossas vidas.

Resumo

Antes que você seja capaz de vencer o pecado, você deve vê-lo pelo que ele é. Lembre-se do que a Bíblia diz sobre o pecado:
  • O pecado é uma transgressão da lei de Deus.
  • Deus deu Seus mandamentos por causa das terríveis consequências do pecado: separação de Deus, escravidão ao pecado e condenação eterna.
  • A morte terrível que Jesus morreu na cruz não é tão terrível quanto a punição que você enfrenta pelo pecado.