A Auto Revelação de Deus
"Havendo Deus antigamente falado muitas vezes, e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, nestes últimos dias a nós nos falou pelo Filho, a quem constituiu herdeiro de todas as coisas, e por quem fez também o mundo" (Hebreus 1:1-2).

A Escritura é o depósito da revelação divina.

Por décadas os teólogos liberais têm deturpado a Bíblia como apenas uma coleção de pensamentos e aspirações religiosas do homem. Mas as Escrituras são muito mais que isso. Na verdade, é uma revelação divina - a revelação de Deus por meio de Seu Espírito aos autores humanos.

O homem nunca poderia conhecer a identidade, os atributos, as perspectivas ou os comandos de Deus se Deus não os tivesse revelado. Nem o homem poderia conhecer sua própria origem, propósito ou destino.

Paulo disse: "Mas, como está escrito: As coisas que olhos não viram, nem ouvidos ouviram, nem penetraram o coração do homem, são as que Deus preparou para os que o amam. Porque Deus no-las revelou pelo seu Espírito; pois o Espírito esquadrinha todas as coisas, mesmos as profundezas de Deus" (1 Coríntios 2:9-10).

Em 2 Timóteo 3:16, ele acrescenta: "Toda Escritura é divinamente inspirada e proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça". Deus inspirou cada palavra das Escrituras e fala em todas as páginas.

Hebreus 1 fala de dois meios gerais pelos quais Deus se revelou: revelação do Velho Testamento ("Havendo Deus antigamente", v. 1) e revelação do Novo Testamento ("pelo Filho", v. 2). Primeiro Ele falou aos pais judeus através dos profetas do Antigo Testamento "muitas vezes". Isso se refere a todos os livros do Antigo Testamento. "De muitas maneiras" fala dos meios específicos pelos quais Ele se comunicava: visões, profecias, parábolas, tipos, símbolos, cerimônias, teofanias e voz audível.

Desde o final do Antigo Testamento até a chegada de João Batista, houve aproximadamente 400 anos durante os quais Deus ficou em silêncio. Mas esse silêncio foi quebrado quando João anunciou a vinda de Cristo. Daquele tempo em diante, Deus falou através do Seu Filho.

Os evangelhos registram Sua vida e ensinamentos, o livro de Atos mostra a propagação de Seus ensinamentos através dos apóstolos e da igreja primitiva, as epístolas aplicam Seus ensinamentos à vida cotidiana e o Apocalipse fala de Seu retorno triunfante e da consumação da revelação divina.

Não é maravilhoso conhecer a perspectiva de Deus sobre a vida e a história?

Agradeça a Deus que Sua Palavra é uma lâmpada para os seus pés e uma luz para o seu caminho (Salmo 119:105).

De acordo com Deuteronômio 29:29, qual é o propósito da revelação divina?