A Consciência do Chamado
“Pois, se anuncio o evangelho, não tenho de que me gloriar, porque me é imposta essa obrigação; e ai de mim, se não anunciar o evangelho!” 1 Coríntios 9:16

Estamos inclinados a esquecer o toque profundamente espiritual e sobrenatural de Deus. Se você é capaz de dizer exatamente onde você estava quando recebeu o chamado de Deus e pode explicar tudo sobre isso, questiono se você realmente foi chamado.

O chamado de Deus não vem assim; é muito mais sobrenatural. A realização do chamado na vida de uma pessoa pode vir como um trovão ou pode surgir gradualmente. Mas, por mais rápida ou lentamente que seja essa percepção, ela é sempre acompanhada de uma corrente subjacente do sobrenatural - algo que é inexprimível e produz um "brilho".

A qualquer momento, a súbita tomada de consciência desse chamado incalculável, sobrenatural e surpreendente que tomou conta de sua vida pode romper - "eu vos escolhi a vós..." (João 15:16).

O chamado de Deus não tem nada a ver com salvação e santificação. Você não é chamado para pregar o evangelho porque você é santificado; o chamado para pregar o evangelho é infinitamente diferente. Paulo descreve isso como uma obrigação que foi colocada sobre ele.

Se você ignorou e, assim, removeu o grande chamado sobrenatural de Deus em sua vida, faça uma revisão de suas circunstâncias. Veja onde você colocou suas próprias ideias de serviço ou suas habilidades particulares antes do chamado de Deus. Paulo disse: "... ai de mim, se não anunciar o evangelho!"

Ele havia se tornado consciente do chamado de Deus, e sua obrigação de “pregar o evangelho” era tão forte que nada mais era mais do que um competidor por sua força.

Se um homem ou mulher é chamado por Deus, não importa quão difíceis sejam as circunstâncias. Deus orquestra todas as forças que trabalham para o Seu propósito no final.

Se você concordar com o propósito de Deus, Ele trará não apenas seu nível consciente, mas também todos os níveis mais profundos de sua vida, que você mesmo não pode alcançar, em perfeita harmonia.