Aceitando as Provisões de Deus
"Pela fé [Moisés] celebrou a páscoa e a aspersão do sangue, para que o destruidor dos primogênitos não lhes tocasse. Pela fé os israelitas atravessaram o Mar Vermelho, como por terra seca; e tentando isso os egípcios, foram afogados" (Hebreus 11:28-29).

O homem ou a mulher de fé aceita com gratidão todas as provisões de Deus, não importa o quão inúteis algumas delas possam parecer.

Quando chegou a hora de Moisés levar os israelitas para fora do Egito, tudo no nível humano dizia que isso não poderia ser feito. O faraó não ia deixar dois ou três milhões de escravos fazer as malas e partir. Seu formidável exército estava pronto para assegurar que tal êxodo não ocorresse.

Mas quando Deus planeja um plano, Ele sempre faz as provisões necessárias para executá-lo. Nesta ocasião, Sua provisão veio na forma de dez terríveis pragas destinadas a mudar a mente do faraó.

A décima e pior praga foi a morte de todos os primogênitos (Êxodo 11:5). Para se proteger desta praga, os israelitas aspergiram o sangue de um cordeiro nas ombreiras das portas de seus lares. Quando o anjo da morte viu o sangue, ele passou por aquela casa. Assim a Páscoa foi instituída.

O sangue daqueles primeiros cordeiros da Páscoa não tinha nenhum poder intrínseco para afastar o anjo da morte, mas sua presença demonstrava fé e obediência, simbolizando assim o futuro sacrifício de Cristo (João 1:29).

Faraó recebeu a mensagem e permitiu que os israelitas saíssem. Mas logo depois ele mudou de ideia e comandou seu exército para persegui-los. Mais uma vez, Deus interveio dividindo o Mar Vermelho, permitindo que Seu povo caminhasse em terra firme. Ele então afogou todo o exército egípcio quando seguiram os israelitas para o mar.

Essa foi uma demonstração gráfica de uma lição que todo crente deve aprender: as provisões de Deus são sempre melhores. Às vezes, podem parecer insensatas ao intelecto humano - assim como "a palavra da cruz é deveras loucura para os que perecem" (1 Coríntios 1:18), mas o homem ou a mulher de fé confia em Deus e recebe Suas provisões com gratidão.

Agradeça a Deus pelas provisões sábias e graciosas que Ele fez para a sua salvação e para a caminhada cristã em andamento.

Leia o relato da Páscoa e a divisão do Mar Vermelho em Êxodo 11-14.