Um Estudo do Espírito Santo (4)

Não há muita divergência entre os crentes sobre como viver a vida cristã, mas existe uma divergência generalizada entre os crentes sobre como uma pessoa se torna cristã. A discussão se torna mais acirrada e a questão principal é: "Onde alguém começa uma caminhada com Deus, começa neste ponto ou em outro ponto?" Devemos entender que como começamos nossa caminhada com Deus é muito importante.

Nunca houve um nascimento espiritual sem a presença do Espírito Santo. Jesus disse a Nicodemos: 

João 3:3, 5-8 - "3 Em verdade, em verdade te digo que se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus... 5 Jesus respondeu: Em verdade, em verdade te digo que se alguém não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus. 6 O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito. 7 Não te admires de eu te haver dito: Necessário vos é nascer de novo. 8 O vento sopra onde quer, e ouves a sua voz; mas não sabes donde vem, nem para onde vai; assim é todo aquele que é nascido do Espírito"

Paulo ensina que o Espírito está presente em nossa conversão. 

2 Tessalonicenses 2:13 – “Mas nós devemos sempre dar graças a Deus por vós, irmãos, amados do Senhor, porque Deus vos escolheu desde o princípio para a santificação do espírito e a fé na verdade”

Tito 3:4-7 – 4 Mas quando apareceu a bondade de Deus, nosso Salvador e o seu amor para com os homens, 5 não em virtude de obras de justiça que nós houvéssemos feito, mas segundo a sua misericórdia, nos salvou mediante o lavar da regeneração e renovação pelo Espírito Santo, 6 que ele derramou abundantemente sobre nós por Jesus Cristo, nosso Salvador; 7 para que, sendo justificados pela sua graça, fôssemos feitos herdeiros segundo a esperança da vida eterna”.

A partir dessas escrituras, não há dúvida de que o Espírito Santo faz parte de nosso nascimento espiritual. Mas a questão que se enfurece é "começa com Deus ou começa comigo?"

É importante ter em mente que Jesus disse que o Espírito é como o vento "... você não pode dizer de onde vem ou para onde vai". (João 3:8). Posso não entender as forças da natureza, mas posso ver o resultado. Assim é com o Espírito Santo; eu posso dizer onde o Espírito esteve pelos resultados de sua presença.

Um Estudo do Espírito Santo (4)

Confirmação do Espírito da Mensagem dos Apóstolos

No Pentecostes, vejo os resultados do Espírito Santo. A vinda inicial do Espírito aos discípulos no Pentecostes foi involuntária. Era algo sobre o qual eles não tinham controle.

Atos 2:2-6 – 2 De repente veio do céu um ruído, como que de um vento impetuoso, e encheu toda a casa onde estavam sentados. 3 E lhes apareceram umas línguas como que de fogo, que se distribuíam, e sobre cada um deles pousou uma. 4 E todos ficaram cheios do Espírito Santo, e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito lhes concedia que falassem. 5 Habitavam então em Jerusalém judeus, homens piedosos, de todas as nações que há debaixo do céu. 6 Ouvindo-se, pois, aquele ruído, ajuntou-se a multidão; e estava confusa, porque cada um os ouvia falar na sua própria língua”.

A obra do Espírito Santo no Pentecostes foi convencer os ouvintes de que Deus estava com aqueles que estavam falando. Os ouvintes proclamam "... ouvímo-los em nossas línguas, falar das grandezas de Deus" (Atos 2:11)

Houve uma ocasião em que o Espírito Santo veio sobre Cornélio e sua casa, que ainda não haviam batizado.

Atos 10:44-48 – 44 Enquanto Pedro ainda dizia estas coisas, desceu o Espírito Santo sobre todos os que ouviam a palavra. 45 Os crentes que eram de circuncisão, todos quantos tinham vindo com Pedro, maravilharam-se de que também sobre os gentios se derramasse o dom do Espírito Santo; 46 porque os ouviam falar línguas e magnificar a Deus. 47 Respondeu então Pedro: Pode alguém porventura recusar a água para que não sejam batizados estes que também, como nós, receberam o Espírito Santo? 48 Mandou, pois, que fossem batizados em nome de Jesus Cristo. Então lhe rogaram que ficasse com eles por alguns dias”.

O Espírito Santo vindo sobre os gentios foi a prova de Deus para Pedro que Deus estava com Cornélio e sua família. Pedro entendeu que a presença do Espírito Santo era um sinal de Deus.

Atos 11:15-18- "15 Logo que eu comecei a falar, desceu sobre eles o Espírito Santo, como também sobre nós no princípio. 16 Lembrei-me então da palavra do Senhor, como disse: João, na verdade, batizou com água; mas vós sereis batizados no Espírito Santo. 17 Portanto, se Deus lhes deu o mesmo dom que dera também a nós, ao crermos no Senhor Jesus Cristo, quem era eu, para que pudesse resistir a Deus? 18 Ouvindo eles estas coisas, apaziguaram-se e glorificaram a Deus, dizendo: Assim, pois, Deus concedeu também aos gentios o arrependimento para a vida".

No Pentecostes também vejo a promessa do dom do Espírito Santo. O dom do Espírito Santo foi prometido aos que foram contados para se arrependerem e serem batizados. O dom do Espírito Santo foi condicionado por uma resposta voluntária daqueles que creram na mensagem de Pedro. Enquanto no início do capítulo a vinda do Espírito Santo era involuntária.

Atos 2:37-39 – 37 E, ouvindo eles isto, compungiram-se em seu coração, e perguntaram a Pedro e aos demais apóstolos: Que faremos, irmãos? 38 Pedro então lhes respondeu: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para remissão de vossos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo. 39 Porque a promessa vos pertence a vós, a vossos filhos, e a todos os que estão longe: a quantos o Senhor nosso Deus chamar"

Em Atos 2, o Espírito Santo confirmou que os homens que pregavam o evangelho pela primeira vez tinham a aprovação de Deus. O Espírito Santo confirmou a orientação que eles estavam recebendo de Deus. No entanto, as pessoas no Pentecostes foram obedientes à mensagem proclamada pelos discípulos. Eles não foram capacitados como os apóstolos. Eles não foram subjugados pelo Espírito.

Quando o Espírito Santo veio à casa de Cornélio, ele não estava isento do batismo. A presença do Espírito Santo era apenas um sinal da aprovação de Deus, mas a presença do Espírito de modo algum isentou a família de Cornélio de obedecer às palavras que Pedro proferiu. Era absolutamente essencial que a casa de Cornélio recebesse o evangelho pregado por Pedro. A presença do Espírito Santo não confirmou que eles haviam sido salvos, mas apenas confirmou que eles eram candidatos à salvação. Eles tiveram a escolha de aceitar ou rejeitar a mensagem; obediência foi uma resposta totalmente voluntária.

O agente do Espírito salvando os perdidos era a Palavra de Deus falada pelos homens. Temos um vislumbre de como o Espírito dirige Filipe para pregar ao eunuco. Não há nada na passagem que diga que o eunuco estava ciente do Espírito Santo dando a Filipe instruções específicas para encontrá-lo.

Atos 8:26-39 – 26 Mas um anjo do Senhor falou a Filipe, dizendo: Levanta-te, e vai em direção do sul pelo caminho que desce de Jerusalém a Gaza, o qual está deserto. 27 E levantou-se e foi; e eis que um etíope, eunuco, mordomo-mor de Candace, rainha dos etíopes, o qual era superintendente de todos os seus tesouros e tinha ido a Jerusalém para adorar, 28 regressava e, sentado no seu carro, lia o profeta Isaías. 29 Disse o Espírito a Filipe: Chega-te e ajunta-te a esse carro. 30 E correndo Filipe, ouviu que lia o profeta Isaías, e disse: Entendes, porventura, o que estás lendo? 31 Ele respondeu: Pois como poderei entender, se alguém não me ensinar? e rogou a Filipe que subisse e com ele se sentasse. 32 Ora, a passagem da Escritura que estava lendo era esta: Foi levado como a ovelha ao matadouro, e, como está mudo o cordeiro diante do que o tosquia, assim ele não abre a sua boca. 33 Na sua humilhação foi tirado o seu julgamento; quem contará a sua geração? porque a sua vida é tirada da terra. 34 Respondendo o eunuco a Filipe, disse: Rogo-te, de quem diz isto o profeta? de si mesmo, ou de algum outro? 35 Então Filipe tomou a palavra e, começando por esta escritura, anunciou-lhe a Jesus. 36 E indo eles caminhando, chegaram a um lugar onde havia água, e disse o eunuco: Eis aqui água; que impede que eu seja batizado? 37 [E disse Felipe: é lícito, se crês de todo o coração. E, respondendo ele, disse: Creio que Jesus Cristo é o Filho de Deus.] 38 mandou parar o carro, e desceram ambos à água, tanto Filipe como o eunuco, e Filipe o batizou. 39 Quando saíram da água, o Espírito do Senhor arrebatou a Filipe, e não o viu mais o eunuco, que jubiloso seguia o seu caminho”.

Inicialmente, o Espírito manda Filipe para a carruagem. No entanto, Filipe prega a Jesus do Antigo Testamento que o eunuco está lendo. Depois de ser ensinado, o eunuco pergunta: "Aqui está água, o que me impede de ser batizado ...", ele responde de maneira voluntária por meio do desejo de obedecer ao que Filipe já pregou nas Escrituras.

O Espírito Santo dá Vida Através da Palavra de Deus

O Espírito dá vida através da Palavra de Deus. Em todos os casos acima, vemos os discípulos e aqueles que buscam a Deus seguindo as instruções do Espírito Santo. Cada pessoa é gerada através do evangelho pregado em cada ocasião.

Tiago 1:18, 21 – 18 Segundo a sua própria vontade, ele nos gerou pela palavra da verdade, para que fôssemos como que primícias das suas criaturas... 21 Pelo que, despojando-vos de toda sorte de imundícia e de todo vestígio do mal, recebei com mansidão a palavra em vós implantada, a qual é poderosa para salvar as vossas almas”.

1 Coríntios 4:15 - “Porque ainda que tenhais dez mil aios em Cristo, não tendes contudo muitos pais; pois eu pelo evangelho vos gerei em Cristo Jesus”.

1 Tessalonicenses 1:4-6 – 4 conhecendo, irmãos, amados de Deus, a vossa eleição; 5 porque o nosso evangelho não foi a vós somente em palavras, mas também em poder, e no Espírito Santo e em plena convicção, como bem sabeis quais fomos entre vós por amor de vós.6 E vós vos tornastes imitadores nossos e do Senhor, tendo recebido a palavra em muita tribulação, com gozo do Espírito Santo”.

João 6:63 - “O espírito é o que vivifica, a carne para nada aproveita; as palavras que eu vos tenho dito são espírito e são vida”.

A Palavra de Deus é Viva e Ativa

Eu gostaria que vocês lembrassem como discutimos na primeira lição que o Espírito Santo é a força que dá vida na criação. É Ele que possibilitou que a semente de um fruto reproduzisse a vida.

É também o Espírito Santo que dá poder gerador de vida à Palavra de Deus, à medida que ela é implantada em nossos corações.

A Palavra de Deus é a espada do Espírito que Deus usa para penetrar em nossos corações.

Hebreus 4:12 – “Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até a divisão de alma e espírito, e de juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração”.

Efésios 6:17-18 - 17 Tomai também o capacete da salvação, e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus; 18 com toda a oração e súplica orando em todo tempo no Espírito e, para o mesmo fim, vigiando com toda a perseverança e súplica, por todos os santos”

O Espírito Santo é Dado ao Obediente

Pedro afirma que o Espírito Santo é dado aos obedientes. Quando somos convencidos de nossos pecados e nos voltamos para Deus em obediência, Deus nos dá seu Espírito Santo.

Atos 5:32 – “E nós somos testemunhas destas coisas, e bem assim o Espírito Santo, que Deus deu àqueles que lhe obedecem"

Deus envia seu Espírito Santo aos corações daqueles que crêem para dar-lhes vida e ordenar suas vidas.

Gálatas 4:6 – “E, porque sois filhos, Deus enviou aos nossos corações o Espírito de seu Filho, que clama: Aba, Pai"

Nós devemos ter o Espírito Santo para ser Cristão.

Romanos 8:9 – “Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós. Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele”.

Deus prometeu o dom do Espírito Santo no Pentecostes através do arrependimento e do batismo.

"38 Pedro então lhes respondeu: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para remissão de vossos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo. 39 Porque a promessa vos pertence a vós, a vossos filhos, e a todos os que estão longe: a quantos o Senhor nosso Deus chamar" (Atos 2:38-39)

A Palavra de Deus é a Espada que o Espírito Santo usa para abrir o coração de uma pessoa para receber o Espírito que dá vida. Quando alguém entrega a sua vida a Deus no batismo, Deus envia seu Espírito Santo para o coração dessas pessoas para dar à essa pessoa a vida espiritual. (Gálatas 4:6)

João 7:38-39 – 38 Quem crê em mim, como diz a Escritura, do seu interior correrão rios de água viva. 39 Ora, isto ele disse a respeito do Espírito que haviam de receber os que nele cressem; pois o Espírito ainda não fora dado, porque Jesus ainda não tinha sido glorificado”.

Tito 3:4-7 – 4 Mas quando apareceu a bondade de Deus, nosso Salvador e o seu amor para com os homens, 5 não em virtude de obras de justiça que nós houvéssemos feito, mas segundo a sua misericórdia, nos salvou mediante o lavar da regeneração e renovação pelo Espírito Santo, 6 que ele derramou abundantemente sobre nós por Jesus Cristo, nosso Salvador; 7 para que, sendo justificados pela sua graça, fôssemos feitos herdeiros segundo a esperança da vida eterna”.

O dom do Espírito Santo no batismo é nada menos que o dom de um renascimento espiritual. É o presente da vida.

Deus Dará o Seu Espírito a Quem Lhe Pedir.

Lucas 11:13 – “Se vós, pois, sendo maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais dará o Pai celestial o Espírito Santo àqueles que lho pedirem?”

É nossa escolha sermos preenchidos pelo Espírito Santo. O Espírito Santo só pode habitar no filho de Deus na medida em que o filho de Deus escolhe se render. Podemos escolher ser cheios do poder do Espírito ou podemos escolher extinguir o trabalho do Espírito.

Efésios 5:18-20 – 18 E não vos embriagueis com vinho, no qual há devassidão, mas enchei-vos do Espírito, 19 falando entre vós em salmos, hinos, e cânticos espirituais, cantando e salmodiando ao Senhor no vosso coração, 20 sempre dando graças por tudo a Deus, o Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo”

Podemos extinguir o trabalho do Espírito resistindo a sua liderança e, assim, entristecer o Espírito Santo.

Atos 7:51 – “Homens de dura cerviz, e incircuncisos de coração e ouvido, vós sempre resistis ao Espírito Santo; como o fizeram os vossos pais, assim também vós"

1 Tessalonicenses 5:19 – “Não extingais o Espírito”

Efésios 4:30 – “E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual fostes selados para o dia da redenção”.

Deus Pode Tirar o Seu Espírito Santo de Você.

Salmos 51:11 – “Não me lances fora da tua presença, e não retire de mim o teu santo Espírito”.
Isaías 63:10- “Eles, porém, se rebelaram, e contristaram o seu santo Espírito; pelo que se lhes tornou em inimigo, e ele mesmo pelejou contra eles”.

Nós blasfemamos contra o Espírito Santo quando recusamos sua direção para nossas vidas. Se recusarmos a mensagem do Espírito Santo para nossas vidas dadas através do evangelho, não haverá outra mensagem. A mensagem do Espírito Santo como dada na Bíblia é a última mensagem dada por Deus. Rejeitar é blasfemar contra o Espírito Santo.

Mateus 12:32 – “Se alguém disser alguma palavra contra o Filho do homem, isso lhe será perdoado; mas se alguém falar contra o Espírito Santo, não lhe será perdoado, nem neste mundo, nem no vindouro”.

Marcos 3:28-29 – 28 Em verdade vos digo: Todos os pecados serão perdoados aos filhos dos homens, bem como todas as blasfêmias que proferirem; 29 mas aquele que blasfemar contra o Espírito Santo, nunca mais terá perdão, mas será réu de pecado eterno”.

A frutificação da Palavra de Deus em nossas vidas é a prova da presença do Espírito. Nenhuma pessoa pode produzir este fruto sem o poder da vida dando Espírito. Ele só pode ser produzido através do poder vivificante do Espírito, a medida que se deseja ser obediente à Palavra. O Espírito nos enche quando procuramos conhecer a vontade de Deus para nossas vidas. É então que Ele produz frutos em nossas vidas.

Gálatas 5:22-26 – 22 Mas o fruto do Espírito é: o amor, o gozo, a paz, a longanimidade, a benignidade, a bondade, a fidelidade. 23 a mansidão, o domínio próprio; contra estas coisas não há lei. 24 E os que são de Cristo Jesus crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências. 25 Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito. 26 Não nos tornemos vangloriosos, provocando-nos uns aos outros, invejando-nos uns aos outros”.

Não há meio de fazer com que a Palavra de Deus dê frutos. Seria como tentar fazer um grão de milho crescer pelo seu próprio poder. Nós só podemos cultivar nossos corações para receber a palavra implantada. É nosso desejo obedecer a Palavra que cultiva nossos corações para o trabalho do Espírito através da Palavra. Quando separamos a Palavra de Deus do poder do Espírito de Deus, a Bíblia se torna uma carta que mata, pois somos impotentes para fazê-la dar frutos em nossas vidas.

2 Coríntios 3:6 – “o qual também nos capacitou para sermos ministros dum novo pacto, não da letra, mas do espírito; porque a letra mata, mas o espírito vivifica”.

Conclusão: Se renda ao poder do Espírito para a sua vida, buscando seu poder para obedecer aos seus mandamentos.

2 Tessalonicenses 2:13-14 – 13 Mas nós devemos sempre dar graças a Deus por vós, irmãos, amados do Senhor, porque Deus vos escolheu desde o princípio para a santificação do espírito e a fé na verdade, 14 e para isso vos chamou pelo nosso evangelho, para alcançardes a glória de nosso Senhor Jesus Cristo”.
Um Estudo do Espírito Santo (4) Um Estudo do Espírito Santo (4) Reviewed by Aldenir Araújo on 5/14/2019 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

Tecnologia do Blogger.