A Necessidade de Perseverança

Texto: Hebreus 11

Introdução: Na semana passada começamos um estudo da fé baseado em Hebreus 11. Notamos que a palavra se baseia em um termo que significa “conquistar, persuadir”. A fé é descrita como a garantia (fundamento) das coisas que se esperam e a evidência (convicção) das coisas não vistas (11:1).

Também discutimos brevemente como a fé envolve confiança. À medida que este estudo avança, exorto-o a manter isso em mente. Notamos a importância da fé como fundamento de tudo em que cremos e somos como cristãos e várias passagens que tratam da fé. Com isso como pano de fundo, hoje queremos começar a examinar o texto e exemplos de fé que o autor usou para aumentar sua compreensão.

A Necessidade de Perseverança

I. O Contexto

A. Para apreciar plenamente a intenção de uma passagem da escritura, ela precisa ser colocada em seu contexto apropriado. Isso significa tanto a finalidade do livro quanto a estrutura em torno do texto. Vamos notar brevemente essas coisas quando começamos nosso estudo de Hebreus 11.

B. O livro de Hebreus - escrito para os irmãos judeus que foram convertidos ao cristianismo. A intenção do autor é mostrar como Cristo é superior a tudo que eles associaram à Lei de Moisés e / ou seu cumprimento - a promessa a Abraão, anjos, seus sacrifícios, seu sacerdócio, etc. Os primeiros 10 capítulos confirmam isso.

C. A necessidade deles de perseverança
1. EM TODO o livro há pedidos de perseverança e advertência - Hebreus 2:1, 3:12-13, 4:11, 5:12 - 6:12
2. A discussão do autor sobre a fé vem no meio de um contexto que trata da perseverança. É um contexto que realmente começa com 10:19 - 12:29.
a. Ele observa que, como eles entendem o cumprimento da Antiga Lei em Cristo, eles devem “aproximar-se com um verdadeiro coração em plena certeza de fé” (10:22).
b. 10:23 - mantenhamos firme a confissão de nossa esperança sem vacilar
c. 10:24-25 - nós precisamos um do outro. Não abandone seus irmãos.
d. 10:26-31 - a consequência da incapacidade de suportar
e. 10:32-34 - lembre-se do que você já suportou
f. 10:35-38 - precisamos de resistência. Não jogue fora o que você já tem
g. 10:39 - nós não somos daqueles que recuam - CONFIANÇA que eles farão o que é certo.
h. Capítulo 11 - isso leva a um estudo dos exemplos de fé. Em TODOS os exemplos mencionados, encontramos uma compreensão dessa resistência e uma disposição para viver por ela.

D. A nossa necessidade de perseverança
1. Lá, a falsa doutrina, “uma vez salvo, sempre salvo”, que é um dos fundamentos da religião moderna, desconsidera a importância da perseverança (e até da fé). Enquanto eles chamam para viver uma vida fiel, eles acreditam que não há consequências eternas se você falhar ou se recusar a fazê-lo. De acordo com essa doutrina, se você deixar de servir a Deus totalmente, não terá nada a temer. O contexto que estamos estudando argumenta contra essa doutrina. Observe também que ao examinarmos cada exemplo de fé - encontramos aqueles que não desistiram. Como diz Tiago 2:18, eles demonstraram sua fé por suas obras.
2. Se desistirmos, perderemos nossa salvação.
a. 2 Pedro 2:20-22 - observe a condição desses irmãos que Pedro está descrevendo. Eles eram definitivamente "cristãos", mas agora sua condição é pior do que o começo.
b. Gálatas 5:4 - da graça decaístes
c. Mateus 10:22 - “aquele que perseverar até o fim será salvo”
d. Hebreus 10:38 - “e se ele recuar, a minha alma não tem prazer nele”
3. Nossa fé e perseverança. É por causa da nossa fé que nunca desistimos. O mundo quer que a gente desista. Eles vão nos ridicularizar e até mesmo nos perseguir. Porque aguentar isso? Porque nós sabemos que algo melhor está esperando por nós. Nós CONFIAMOS que Deus está lá por nós e nos recompense quando esta vida acabar. Portanto, nós suportamos.

II. Pela Fé, os Antigos Obtiveram Aprovação.

A. A referência aos antigos aqui se aplica principalmente aos exemplos que encontramos neste capítulo, mas também a TODOS que demonstraram fé em suas vidas - isto é, eles confiaram em Deus e permaneceram fielmente a despeito do que aconteceu.

B. O entendimento comum deste texto
1. Deus disse: “Bem, servos bons e fiéis” (Mateus 25:21)
2. Por exemplo, Abel - Hebreus 11:4 - ele está morto, ainda fala
3. Podemos ter certeza de que, se formos fiéis a Ele, Ele notará e nossa fidelidade será recompensada - 2 Timóteo 1:12; Apocalipse 2:10 - “fiel… a coroa da vida”

C. Outro pensamento
1. Pela fé eles foram capazes de dar um bom testemunho em nome de Deus ou “testemunhar” a grandeza de Deus. A palavra aqui é uma forma da palavra para "testemunhas" em 12:1
a. A palavra para “alcançaram bom testemunho” muitas vezes faz referência a alguém que presta testemunho - João 5:32,33 - Deus “testifica” de Jesus, João Batista “deu testemunho da verdade”
2. Por exemplo, Josué e Calebe - Deus pode nos entregar a terra (Números 14:6-9) Davi - Deus o livrou - 1 Samuel 17:31-37 - Paulo - o Senhor nos livrará. - 2 Timóteo 4:17-18
3. Além disso, por causa de sua fé, eles são “testemunhas” deste modo para nós - seus registros são recodificados para que possamos aprender sobre eles por causa de sua fé.
a. Jesus disse de uma mulher fiel: “Em verdade vos digo que onde quer que for pregado em todo o mundo este evangelho, também o que ela fez será contado para memória sua” Mateus 26:13
b. Mateus 10:32-33: “Todo aquele que me confessa diante dos homens…”
D. Nossa fé nos leva a contar aos outros sobre Deus? O que Deus dirá sobre nós?

III. Fé na Palavra de Deus. V. 3

A. Este mundo criado é o fundamento da nossa fé. Até que alguém esteja convencido de que Deus criou o mundo, não há necessidade de ir adiante. A palavra de Deus não tem sentido; tudo o que Jesus fez não significa nada, se Deus não criou os céus e a terra.
1. Assim, desse modo, é um fato dado que, pela fé, entendemos que esse mundo foi criado como Deus falou. O que vemos fisicamente se originou daquilo que não é visível (outro reino). Isso explica todos os problemas com a dificuldade da ciência, explicando que a matéria é eterna, a origem da vida, a evolução, etc.

B. Mas há outro pensamento sobre esse verso
1. Quando você considera o texto na língua original, existe outra possibilidade
2. A palavra para "mundos" (note que é um substantivo plural) é de uma palavra grega (aeons) da qual obtemos a palavra eras significando épocas. Vine define a palavra como "uma época, um período de tempo". A palavra é frequentemente traduzida como "mundo" como aqui, mas não tem referência ao mundo criado. Em todo texto onde a palavra neste texto é usada, ela pode ter referência às diferentes épocas do tempo (mais de 100 vezes no Novo Testamento). (Veja 1 Coríntios 2:6-8 para um exemplo [4 vezes]) Gálatas 1:4-5 (note que o verso 5 diz: "... a quem seja a glória para todo o sempre. Amém". Isto realmente diz, de época a época.) A língua grega tem uma palavra diferente para o mundo criado (Kosmos) do qual temos cosmos.

C. Também a palavra “criados” é uma palavra que significa “colocar uma coisa em sua condição apropriada, estabelecer, configurar… preparar, consertar”. É usada 13 vezes no Novo Testamento e não significa algo que é criado da maneira como o mundo é.

D. Como usado neste texto, o significado poderia ser que pela fé entendemos que as eras foram estabelecidas ou colocadas em ordem pela palavra de Deus, ou em outras palavras, DEUS SEMPRE esteve no controle. Desde o início dos tempos e depois da queda do homem, os planos de Deus foram desdobrados até que fossem concluídos. Muitos dos exemplos em Hebreus 11 encontram seu maior significado no fato de que os planos de Deus não poderiam ser frustrados. Você encontra ocasiões extraordinárias nas quais a vontade de Deus SEMPRE prevalece - em épocas mais antigas do que a promessa.
1. Nesta, a última frase do verso 3 diz a mesma coisa que com a criação física. O que aconteceu fisicamente é resultado da vontade invisível de Deus por trás da cena.

E. NUNCA desconsidere a providência de Deus no funcionamento deste mundo. Mais uma vez, quando você olha para Deus em sua vida, você confia nele?

Conclusão: Agora estamos prontos para começar a examinar os vários exemplos de fé no capítulo 11. Podemos ver a perseverança da fé e a fidelidade de Deus para conosco quando somos fiéis a ele. Vamos continuar vivendo uma fé que seja agradável a Deus. Eu encerro lendo 11:13-16 quando encontramos os resultados finais da fé.

Postar Comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

Postagem Anterior Próxima Postagem