Um Estudo Do Espírito Santo (7)

Pecando Contra o Espírito Santo

Em nosso primeiro estudo, notamos que o mundo físico foi criado pela autoridade de Deus. Notamos que Deus, Cristo e o Espírito Santo estavam envolvidos em sua criação. A criação ocorreu pelo comando autorizado de Deus, o poder criativo de Cristo na criação dos elementos brutos e os poderes regenerativos do Espírito Santo que deram vida à nova criação de Deus. Deus foi o criador; Cristo foi o agente através do qual Deus criou e sustenta e o Espírito Santo organizou a criação através de seus poderes regenerativos.

O mesmo é verdade com o reino espiritual de Deus. O reino espiritual de Deus é estabelecido por seu poder e autoridade e é estabelecido no sacrifício de Cristo, e o todo-poderoso Espírito Santo concede vida àqueles que creem.

Não basta apenas conhecer a função de Deus, de Cristo e do Espírito Santo. Apenas conhecer sua função sem aproveitar-se dos benefícios do que eles oferecem é sem sentido. Seria tão insensato quanto comprar um carro novo e andar a pé por onde quer que você vá. Precisamos experimentar seu trabalho em santificar nossas vidas. É a capacitação do Espírito Santo que nos leva a experimentar a realidade da obra de Deus em nosso favor. O conhecimento do Espírito Santo e de sua obra é de pouca utilidade se não permitirmos que ele regenere nossas próprias vidas.

Tem sido sugerido que os cristãos operam 90% do tempo sem qualquer preocupação com o Espírito Santo. Se isto estiver correto, a igreja não está se beneficiando do poder regenerativo do Espírito. O Espírito de Deus está perfeitamente disposto a nos ajudar de uma forma poderosa, mas precisamos usar seu poder para sermos regenerados.

Jesus disse aos seus discípulos: "vós o conheceis, porque ele habita convosco, e estará em vós". (João 14:17) A ideia de conhecer aqui vai além do conhecimento factual para incluir o conhecimento experiencial. Isso não faz com que seja melhor do que dito, mas torna-se real.

Recusar-se a experimentar a liderança do Espírito Santo em nossas vidas é uma blasfêmia.

Um Estudo Do Espírito Santo (7)

I. O Perigo da Blasfêmia

A. Recusar-se a permitir que o Espírito Santo de Deus nos leve a Cristo é uma blasfêmia para a qual não há perdão.

Mateus 12:30-32 30 Quem não é comigo é contra mim; e quem comigo não ajunta, espalha. 31 Portanto vos digo: Todo pecado e blasfêmia se perdoará aos homens; mas a blasfêmia contra o Espírito não será perdoada. 32 Se alguém disser alguma palavra contra o Filho do homem, isso lhe será perdoado; mas se alguém falar contra o Espírito Santo, não lhe será perdoado, nem neste mundo, nem no vindouro".

Marcos 3:28-30 28 Em verdade vos digo: Todos os pecados serão perdoados aos filhos dos homens, bem como todas as blasfêmias que proferirem; 29 mas aquele que blasfemar contra o Espírito Santo, nunca mais terá perdão, mas será réu de pecado eterno. 30 Porquanto eles diziam: Está possesso de um espírito imundo".

1. Jesus disse: "Se alguém disser alguma palavra contra o Filho do homem, isso lhe será perdoado; mas se alguém falar contra o Espírito Santo, não lhe será perdoado, nem neste mundo, nem no vindouro"

a. Rejeitar a Cristo na época em que Jesus viveu era uma blasfêmia ao Espírito Santo. Porque o Espírito Santo de Deus estava sobre Cristo aprovando seu trabalho.

b. Rejeitar a Cristo em nossa época é também blasfemar contra o Espírito Santo.

c. O Espírito Santo oferece o único meio para a salvação. A blasfêmia contra o Espírito Santo é recusar suas instruções, não permitindo que ele nos leve a Cristo. Podemos blasfemar com ele recusando-se a permitir que ele trabalhe em nossas vidas. Se continuarmos em nossa blasfêmia, não há esperança de salvação porque não há outro meio celestial de salvação. Rejeitar a messianidade de Cristo é um pecado para a morte. Enquanto permanecermos na rejeição, não haverá perdão.

1 João 5:15-17 15 e, se sabemos que nos ouve em tudo o que pedimos, sabemos que já alcançamos as coisas que lhe temos pedido. 16 Se alguém vir seu irmão cometer um pecado que não é para morte, pedirá, e Deus lhe dará a vida para aqueles que não pecam para a morte. Há pecado para morte, e por esse não digo que ore. 17 Toda injustiça é pecado; e há pecado que não é para a morte”.

d. Eu acredito que o pecado que não leva à morte nesta passagem são os pecados de que somos culpados porque não amadurecemos plenamente em Cristo e os pecados que estamos lutando para superar, mas nós não vencemos.

2. Podemos blasfemar contra o Espírito Santo através de um estudo intelectual de quem ele é e do que ele faz sem responder ao seu trabalho em nossas vidas. Deus está disposto a perdoar todos os nossos pecados dos quais estamos dispostos a nos arrepender. Se obtivermos conhecimento de Cristo e voluntariamente recusarmos a orientação do Espírito para trazer arrependimento, não haverá outro sacrifício pelos nossos pecados.

Hebreus 10:26-27 26 Porque se voluntariamente continuarmos no pecado, depois de termos recebido o pleno conhecimento da verdade, já não resta mais sacrifício pelos pecados, 27 mas uma expectação terrível de juízo, e um ardor de fogo que há de devorar os adversários”.

B. Podemos acreditar que pecamos de tal maneira que nunca podemos ser perdoados. Ou podemos acreditar que nunca fizemos uma coisa tão terrível. Mas a blasfêmia é tão simples quanto falhar em reconhecer a Cristo como Senhor. Recusar a Cristo é recusar a graça e misericórdia de Deus, que o Espírito Santo procura nos ensinar.

II. Pecados Contra o Espírito Santo.

Há várias maneiras pelas quais podemos pecar contra o Espírito Santo.

A. Podemos desprezar ou insultar o Espírito Santo.

Hebreus 10:26-29 26 Porque se voluntariamente continuarmos no pecado, depois de termos recebido o pleno conhecimento da verdade, já não resta mais sacrifício pelos pecados, 27 mas uma expectação terrível de juízo, e um ardor de fogo que há de devorar os adversários. 28 Havendo alguém rejeitado a lei de Moisés, morre sem misericórdia, pela palavra de duas ou três testemunhas; 29 de quanto maior castigo cuidais vós será julgado merecedor aquele que pisar o Filho de Deus, e tiver por profano o sangue do pacto, com que foi santificado, e ultrajar ao Espírito da graça?”

B. Podemos mentir para o Espírito Santo. Ananias e Safira decidiram mentir para o Espírito Santo sobre o quanto eles receberam por um pedaço de propriedade.

Atos 5:3-4 "3 Disse então Pedro: Ananias, por que encheu Satanás o teu coração, para que mentisses ao Espírito Santo e retivesses parte do preço do terreno? 4 Enquanto o possuías, não era teu? e vendido, não estava o preço em teu poder? Como, pois, formaste este desígnio em teu coração? Não mentiste aos homens, mas a Deus".

C. Nós podemos resistir ao Espírito Santo. Estêvão acusou aqueles que crucificaram a Cristo com resistência ao Espírito Santo. O assassinato de Estêvão foi mais uma prova de resistência ao Espírito Santo. Um pecado pelo qual Saulo mais tarde se arrependeu e recebeu perdão.

Atos 7:51 "Homens de dura cerviz, e incircuncisos de coração e ouvido, vós sempre resistis ao Espírito Santo; como o fizeram os vossos pais, assim também vós"

D. Nós pecamos contra o Espírito Santo, profanando o templo de Deus. Paulo enfatiza a importância do templo de Deus, que é o nosso corpo físico.

1. Nosso corpo é o templo do Espírito Santo.

1 Coríntios 6:18-20 18 Fugi da prostituição. Qualquer outro pecado que o homem comete, é fora do corpo; mas o que se prostitui peca contra o seu próprio corpo. 19 Ou não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que habita em vós, o qual possuís da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos? 20 Porque fostes comprados por preço; glorificai pois a Deus no vosso corpo”.

2. A igreja é também o templo de Deus, portanto, quando nós profanamos o corpo de Cristo em geral, também pecamos contra o Espírito Santo.

1 Coríntios 3:16-17 16 Não sabeis vós que sois santuário de Deus, e que o Espírito de Deus habita em vós? 17 Se alguém destruir o santuário de Deus, Deus o destruirá; porque sagrado é o santuário de Deus, que sois vós”.

E. Podemos extinguir a influência do Espírito Santo em nossas vidas, resistindo ao ensino de Deus.

1 Tessalonicenses 5:16-22 16 Regozijai-vos sempre. 17 Orai sem cessar. 18 Em tudo dai graças; porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco. 19 Não extingais o Espírito; 20 não desprezeis as profecias, 21 mas ponde tudo à prova. Retende o que é bom; 22 Abstende-vos de toda espécie de mal”.

F. Nós pecamos contra o Espírito Santo, entristecendo-o. Nós entristecemos o Espírito Santo quando deixamos de viver juntos em amor.

Efésios 4:29-32 29 Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas ó a que seja boa para a necessária edificação, a fim de que ministre graça aos que a ouvem. 30 E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual fostes selados para o dia da redenção. 31 Toda a amargura, e cólera, e ira, e gritaria, e blasfêmia sejam tiradas dentre vós, bem como toda a malícia. 32 Antes sede bondosos uns para com os outros, compassivos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo”.

Conclusão: Quando você olha para as palavras "resistir", "extinguir" e "entristecer", elas sugerem a proximidade do Espírito Santo. Quando fazemos isso, nos recusamos a permitir a entrada do Espírito Santo em nossas vidas com o propósito de regeneração. Fazer o que quer é afastá-lo. Enquanto recusarmos sua entrada, estaremos perdidos. É fácil entender porque pecar contra o Espírito Santo é um pecado eternamente destrutivo. Ela nos rouba os próprios meios de salvação ao recusar a obra santificadora do Espírito.

Aqueles que rejeitaram a liderança do Espírito Santo no passado podem se arrepender e começar a seguir suas instruções entregando suas vidas a Cristo e sendo salvos.

1 Coríntios 6:9-11 9 Não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, 10 nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbedos, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus. 11 E tais fostes alguns de vós; mas fostes lavados, mas fostes santificados, mas fostes justificados em nome do Senhor Jesus Cristo e no Espírito do nosso Deus”.

Tenha em mente que os pecados contra o Espírito Santo não são aqueles que estamos lutando para vencer. A luta em si testemunha que estamos ouvindo o Espírito Santo, do contrário não haveria luta. É a luta da recusa ao Espírito Santo que Deus se preocupa.
Um Estudo Do Espírito Santo (7) Um Estudo Do Espírito Santo (7) Reviewed by Aldenir Araújo on 6/13/2019 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

Tecnologia do Blogger.