Isaías 55:6-7 “Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto. Deixe o ímpio o seu caminho, e o homem maligno os seus pensamentos; volte-se ao Senhor, que se compadecerá dele; e para o nosso Deus, porque é generoso em perdoar”.

Era uma manhã de domingo brilhante no século 18 em Londres, mas o humor de Robert Robinson era tudo, menos ensolarado. Por toda a rua, havia pessoas correndo para a igreja, mas no meio da multidão, Robinson era um homem solitário. O som dos sinos da igreja o lembrou dos anos passados, quando sua fé em Deus era forte e a igreja era parte integrante de sua vida. Fazia anos desde que ele havia pisado em uma igreja - anos de perambulação, desilusão e deserção gradual do Deus que uma vez ele amou.

Há Sempre Uma Maneira de Voltar!

Esse amor por Deus - uma vez ardente e apaixonado - tinha queimado lentamente dentro dele, deixando-o escuro e frio por dentro. Robinson ouviu o barulho de um táxi puxado a cavalo se aproximando atrás dele. Virando-se, ele levantou a mão para saudar o motorista. Mas então ele viu que o táxi estava ocupado por uma jovem vestida com elegância para o Dia do Senhor. Acenou para o motorista, mas a mulher na carruagem ordenou que a carruagem fosse parada.

"Senhor, eu ficaria feliz em compartilhar esta carruagem com você", disse ela para Robinson. "Você vai à igreja?" Robinson estava prestes a declinar, então ele fez uma pausa. "Sim", ele disse finalmente. "Eu estou indo para a igreja". Ele entrou na carruagem e sentou-se ao lado da jovem.

Quando a carruagem avançou, Robert Robinson e a mulher trocaram apresentações. Houve um flash de reconhecimento em seus olhos quando ele declarou seu nome. "Essa é uma coincidência interessante", disse ela, estendendo a mão para a bolsa. Ela retirou um pequeno livro de versos inspiradores, abriu-o em um marcador e entregou o livro a ele. "Eu estava justamente lendo um verso de um poeta chamado Robert Robinson. Não é incrível ...?"

Ele pegou o livro, assentindo. "Sim, eu escrevi estas palavras anos atrás." "Oh, que maravilha!" ela exclamou. "Imagine! Estou compartilhando uma carruagem com o autor dessas mesmas linhas!"

Mas Robinson mal a ouviu. Ele estava absorto nas palavras que estava lendo. Eram palavras que um dia seriam musicadas e se tornariam um grande hino de fé, familiar a gerações de cristãos:
Venha, tu fonte de toda bênção,
Sintonize meu coração para cantar Tua graça
Correntes de misericórdia, nunca cessam,
Clame por músicas de mais alto louvor.
Seus olhos deslizaram para o final da página, onde ele leu:
Propenso a vagar, Senhor, eu sinto
Propenso a deixar o Deus que eu amo;
Aqui está meu coração, toma-o e sele,
Sele-o para os teus tribunais acima.
Ele mal conseguia ler as últimas linhas através das lágrimas que brotavam em seus olhos. "Escrevi estas palavras - e vivi estas palavras. “Propenso a vagar ... propenso a deixar o Deus que eu amo"

A mulher de repente entendeu. "Você também escreveu: “Aqui está meu coração, toma-o e sele-o”. Você pode oferecer seu coração novamente a Deus, Sr. Robinson. Não é tarde demais"

E não foi tarde demais para Robert Robinson. Naquele momento, ele voltou seu coração para Deus e andou com ele pelo resto de seus dias.

É você? É um cristão devotado profundamente no seu coração, que se afastou da fé? Seu amoroso Pai orquestrará seu retorno a ele.

Postar Comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

Postagem Anterior Próxima Postagem